quarta-feira, 20 de Junho de 2012 13:43h Luciano Eurides

Flamengo é campeão Mirim 2012

O Flamengo sagrou-se campeão mirim do ano de 2012, embora tenha perdido no tempo normal, por 1x0, o time havia vencido no jogo de ida, também 1x0 e a decisão foi nos pênaltis.

O Flamengo sagrou-se campeão mirim do ano de 2012, embora tenha perdido no tempo normal, por 1x0, o time havia vencido no jogo de ida, também 1x0 e a decisão foi nos pênaltis. Felipe defendeu a terceira cobrança do Vasco da Gama dando o título para o Rubro Negro e um beijo no poste que ficou a direita dele.

 


O Flamengo veio a campo com uma nova forma de jogar.  Guilherme Ferreira, zagueiro alto da cidade de Dores do Indaiá, jogou de centro avante. Henrique e Vitor que são atacantes no banco de reservas, Beto inovou e escalou a defesa composta por Guilherminho na direita, Patrick e João Vitor e Peruca na esquerda. Kaio, Igor, Guilherme, Luís e Guilherme Ferreira. Lucas a frente.
O time, parecia recuado, mas não foi. O Flamengo começou logo atacando o Vasco e chegou a fazer um gol, depois de um bate e rebate na área Lucas completou e a arbitragem assinalava impedimento. Aos 13 foi a vez do time do Afonso Pena atacar e na cobrança do escanteio Rafael desviou no primeiro pau e fez o gol do Vasco, resultado que levaria a decisão para as cobranças de pênaltis.

 

O Flamengo passou a perder uma chuva de gols e Lucas certamente quem mais oportunidades jogou fora. Uma partida muito disputada no meio campo e uma oportunidade de ouro foi conquista pelo bom jogador Guilherme Ferreira, ele enfiou a bola entre os zagueiros, Lucas entrou e chutou cruzado, fraco e sem direção, a bola foi para fora e a decisão seguiu para as cobranças de pênaltis.

 

A emoção forte, de um lado estava Avelar que defendeu as cobranças de João Vitor e Lucas. Do outro o poste. Breno e Lincon acertaram o poste e exatamente no mesmo lugar. Quando não podia contar com o poste Felipe defendeu a cobrança de Rafael. Guilherme Ferreira e Patrick cobraram e marcaram. Felipe defendeu a cobrança de Tiago e decretou a vitória flamenguista.
O time Rubro Negro chegou ao título com 10 vitórias, sendo seis fora de casa e quatro em casa. Um empate e uma derrota, isso no Mendes Mourão. Foram 39 gols marcados, 24 como mandante e 15 como visitante. Sofreram quatro gols, dois em seus domínios. A competição de 12 rodadas iniciada em 18 de março. A festa no Mendes Mourão foi grande e merecida. O capitão Kaio, mais uma vez recebeu das mãos do presidente da liga o troféu que simboliza mais um título na carreira desses jovens atletas.

 

Estiveram na conquista do título os jogadores Felipe, Guilherminho, Patrick, João Vitor, Peruca, Kaio, Igor, Guilherme, Luís, Guilherme Ferreira, Lucas, André, Lucas, Marco Tulio, Fábio, Júlio, Vitor e Henrique.

 

Essa categoria, 99, assimila bem uma mudança repentina e importante taticamente. Cada vez mais os reinadores buscam jogadores inteligentes e eficientes em mais de uma posição. A alteração dentro de uma partida, quando se está com a bola ataca em bloco, sem a bola se defende com eficiência. Esse critério de se proteger dos avanços do adversário e ainda mais formidável é com uma ou duas substituições se mudar toda a função tática do time. Os atletas estão assimilando muito bem esses critérios e certamente irá amadurecer para o futebol.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.