quinta-feira, 5 de Maio de 2016 12:37h Luciano Eurides

Flamengo empata com Ouro Branco em partida válida pela Imef

O Flamengo empatou frente ao Ouro Branco na categoria infantil da Super Copa Imef

O jogo foi realizado no Estádio Mendes Mourão, na manhã do último sábado (30) e o resultado de 3x3 não altera a classificação Rubro Negra, mas obriga o Ouro Branco a buscar pontos fora de casa.

O Ouro Branco saiu na frente, com dois gols de Monteiro, o primeiro foi um cruzamento da direita, atravessou toda a extensão da pequena área e o atacante só teve o trabalho de completar para o gol. O segundo gol foi uma boa infiltração e toque rápido pelo meio, criou a jogada dentro da área, a bola passou pelo goleiro, o atacante do Ouro Branco chutou a bola, que foi de encontro ao poste, voltou para ele e furou, mas Monteiro assistia tudo, como se soubesse que ela estaria à disposição para ele completar com força e fazer 2x0.

 

 

 

O jogo se igualou no restante da primeira etapa. Apesar de o Ouro Branco até marcar o terceiro, mas invalidado pela arbitragem, o Flamengo também chegava ao gol adversário, Katatau chutou bem, mas o goleiro do Ouro Branco fez uma defesa segura.

No segundo tempo, o time do Flamengo voltou melhor, mas logo teve de acionar o goleiro João Vitor para uma excelente defesa. Enquanto nas bolas altas ele era absoluto e acionava Katatau, assim o jogador tentava as jogadas individuais, em um contra-ataque rápido, ele foi derrubado na área, pênalti marcado, mas Leozinho chutou para fora. Ainda para apimentar o jogo, em uma cobrança de falta de Katatau, o goleiro deixou a bola ir a escanteio, na cobrança, também de Katatau, o jogador Marcos, que acabara de entrar na partida, fez o gol Rubro Negro. Ele subiu mais que a defesa e, de cabeça, aliviou a torcida.

 

 

 

 

O Ouro Branco não sentiu o gol, saiu para o ataque e Pedro recebeu livre, esperou a definição do goleiro e marcou um belo gol, fazendo 3x1. Somente assim o time de Divinópolis reagiu. Merlon foi expulso, o fato de ficar com um homem a menos e ainda já desgastado fisicamente obrigou o Ouro Branco a usar as faltas. Em uma delas, Hugo cobrou forte e sobre o goleiro, encostando no marcador. Já nos minutos finais, um lance estranho, visto e revisto várias vezes, um conjunto de jogadores dentro da área do Ouro Branco, mas o auxiliar Rinaldo Cunha viu pênalti e acionou o árbitro Rinaldo Souza, ele confirmou a marcação do assistente. Hugo cobrou e fez o gol de empate em 3x3.

 

 

 

Para o treinador Alessandro Soares, do Flamengo, o time não esteve bem no jogo, mas o resultado não atrapalha os planos da equipe. “devido às consequências do jogo, no final se tornou um bom resultado, o time não apresentou o futebol que vinha apresentando no decorrer do campeonato e não sei o que aconteceu, sentiu o jogo hoje e por não ter apresentado um bom futebol, com certeza o empate hoje foi de superação e buscar o resultado positivo, não sendo derrotado dentro de casa. Continuamos em primeiro no grupo e agora é buscar a classificação com antecedência, agora é buscar as primeiras colocações no geral, temos ainda mais um jogo em casa, contra o Meninos de Ouro, e encerra em Sete Lagoas, contra o América, ainda podendo se classificar em primeiro geral”, garantiu.

 

 

 

Já o atleta Merlon, do Ouro Branco, disse que o time esteve melhor até a expulsão dele. “Esforçamos muito, marcamos atrás da linha da bola, saímos no contra-ataque e conseguimos marcar dois gols rapidamente, mas infelizmente fui expulso e, com um a mais, eles conseguiram empatar a partida, ficamos cansados, houve a questão do assistente (pênalti), que nos atrapalhou bastante, o empate fora de casa foi bom, já vencemos em casa, empate fora de casa e com uma vitória a gente se classificava, mas infelizmente foi empate e nos contentamos com um ponto e vamos buscar o que deixamos de ganhar aqui em outra partida fora de casa”, falou e mostrou muita esportividade.

O Flamengo tem pela frente um clássico regional, quando enfrentará o Meninos de Ouro, da cidade de Nova Serrana, a equipe busca as primeiras colocações no geral, pois assim evita viagens nas fases decisivas.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.