sábado, 7 de Junho de 2014 05:00h Atualizado em 7 de Junho de 2014 às 05:03h.

Flamengo empata fora de casa e está classificado para a final da Copa Super Craque

O Flamengo de Divinópolis foi à cidade de Nova Serrana na noite de quinta-feira, onde empatou com a equipe do Meninos de Ouro no estádio municipal Joel Alves de Brito (Romeu Duarte), pelo placar de 3 a 3, e está classificado para a final.

O Flamengo começou melhor e foi logo marcando com Lorran, isso no primeiro ataque do time de Divinópolis. Na segunda boa condução de bola, a chance, uma das melhores do jogo, foi jogada para fora. Na terceira aparição na área adversária, Diogo fez 2 a 0. O Flamengo dominava a partida e Riquelme, em cobrança de falta assinalou, 3 a 0. O Meninos de Ouro diminuiu com Klisman, em bela cobrança de falta.
No segundo tempo, o time do Meninos de Ouro voltou melhor, corrigiu os erros e teve uma melhor apresentação. De pênalti, Klisman fez 3 a 2. O empate veio aos 22 minutos de partida, em arrancada pelo meio e conclusão de Guilherme. Como o Flamengo havia vencido por 1 a 0 no jogo de ida, está classificado para a grande final.
O Palmeiras venceu, por 1 a 0, o Vasco da Gama, no estádio Dr. Sebastião Gomes Guimarães. O resultado levou a decisão para os pênaltis, pois no jogo de ida o time alvinegro havia vencido por 3 a 0. Nas penalidades, a equipe cruzmaltina venceu por 5 a 4.
Os treinadores das duas equipes avaliaram o jogo como muito bom. “Antes do jogo deu o exemplo do La Bambonera para eles e tem de crescer e sonhar em ser um jogador profissional e já aprendem a jogar no La Bambonera, a torcida deles estava fazendo pressão, mas falei para eles não temerem e fazer o jogo deles, e fizeram, estamos na final, é o primeiro passo”, falou João. E teve o atleta Mairon concordando. “Nunca tinha jogando com tanta torcida é muito diferente e jogamos muito mais”, declarou.
O treinador do Meninos de Ouro destacou a igualdade. “Nossa comunidade é muito unida, chamamos para apoiar os garotos e lotou o campo, foi bom jogo e saímos perdendo de três a zero e empatamos o jogo. Mérito para o Flamengo que teve muita competência. Nos dois primeiros gols foi falta de atenção, são crianças e têm muito de aprender, houve a reação e se [tivesse] um pouco mais de tempo, quem sabe, mas estão de parabéns”, falou Robson.
O campo do Romeu Durte recebeu centenas de pessoas, bombas e foguetes em um número recorde, bandeiras e gritos de guerra para pressionar os garotos a jogarem o melhor futebol. Ressaltando que não houve nenhum incidente, briga ou até mesmo palavrão. A torcida fez barulho, tocou instrumentos e jogou as bombas perto do alambrado, nenhuma caiu dentro de campo enquanto as crianças lá estavam.  A única ação talvez questionável na enorme torcida do Meninos de Ouro foi a aparição de um laser, mas, fora isso, foi um comportamento exemplar. O comportamento da torcida e a grande festa poderão render ao time de Nova Serrana uma premiação especial pela maior e mais animada torcida da competição.

A grande final será dia 14 de junho no estádio Astrogildo Duarte, na cidade de Nova Serrana.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.