quinta-feira, 3 de Abril de 2014 05:09h Atualizado em 3 de Abril de 2014 às 05:13h. Luciano Eurides

Flamengo empata sem gols com o Vila Formiga

O Flamengo de Divinópolis recebeu, na tarde de sábado (29), a equipe do Vila Esporte, da cidade de Formiga.

Na categoria 99-00 o empate sem gols premiou a marcação das duas equipes. A partida foi realizada no Estádio Mendes Mourão, válida pela segunda rodada da Copa Super Craque.

O time da cidade de Formiga entrou em campo no intuito de conseguir não ser derrotado e conseguiu. Já o time de Divinópolis por pouco não foi surpreendido no início da partida. Foram dois bons ataque da equipe visitante. Mas o time Rubro Negro ainda dominou o primeiro tempo, teve maior posse de bola, e não conseguia o chute a gol. Na primeira etapa nenhum dos goleiros teve dificuldades.

No segundo tempo o Flamengo voltou mudado. Thales entrou no lugar de Nicolas que teve uma séria contusão no braço. Lincon entrou no lugar de Guigui que não resistiu ao forte calor. O lateral esquerdo fez falta dentro do esquema de jogo da equipe do Mendes Mourão.

O time não foi o mesmo na segunda etapa. O Vila Formiga esteve muito mais próximo do gol, especialmente com duas lindas defesas do goleiro reserva Breno Júnior. “Uma alegria ter ajudado o time e não conseguimos a vitória, vamos trabalhar para isso”, falou o ex-jogador do PEC.

Ao final da partida o treinador Vanderlan dedicou o empate à boa conduta do adversário que soube se fechar e sair com perigo, dificultando as ações flamenguistas. “ Nosso time é bom, mas o deles também é bom, o meu lateral esquerdo machucou, faltou o lateral direito e o meio campo não acertou. Não podemos tirar o mérito do time deles. Eu coloquei todos os jogadores, mas mantive o time base, a dificuldade foi do jogo mesmo. O Breno Junior vem treinando direto e agora estamos bem servidos de goleiro e vão revezar o resto do campeonato”, garantiu.

O jogador Batata, um dos destaques do Flamengo no jogo, falou das dificuldades. “Faltou toque de bola, vamos trabalhar forte para melhorar, colocar a bola no chão, estamos bem, invictos e falta chegar mais forte, sempre jogar forte”, falou ele que, ao lado de Luis, não perdeu as divididas no meio campo.

Já os atletas destacaram as contusões, ausências e a falta de pontaria. Batata e Luis foram incansáveis na marcação e, ao lado do goleiro Flamenguista, os grandes responsáveis pelo ponto somado.

O Flamengo segue invicto, depois de dois jogos. Soma uma vitória e um empate.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.