quinta-feira, 14 de Novembro de 2013 06:09h Luciano Eurides

Flamengo goleia na primeira decisão do infantil da LMDD

O Flamengo, na categoria infantil, deu um grande passo para a conquista do título de campeão do Campeonato da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD) ao vencer o Projeto Esportivo Candelária (PEC) por 6x0. O jogo de volta será no Caldeirão do Di

O Flamengo, na categoria infantil, deu um grande passo para a conquista do título de campeão do Campeonato da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD) ao vencer o Projeto Esportivo Candelária (PEC) por 6x0. O jogo de volta será no Caldeirão do Diabo, domingo (17), às 10h.
O primeiro lance do jogo foi a melhor chance de gol do PEC em toda a partida. O time do bairro Candelária foi parado em uma excelente defesa do goleiro Rafael. Logo depois o Flamengo assumiu o controle da partida e após uma boa troca de passe Lucas Gago marcou para o time, isso com apenas 14 minutos de jogo. Aos 18, Mateusinho sofreu pênalti e ele mesmo cobrou e fez 2x0. Aos 21, o mesmo atleta recebeu a bola enfiada entre a defesa do PEC e fez 3x0. Aos 26, novo ataque Flamenguista e a bola sobrou para Pablo que chutou forte. Caprichosamente a bola tocou na trave e dentro do gol, 4x0.
No segundo tempo, o Flamengo dominou o jogo. Depois de duas oportunidades claras de gols, Felipe Araujo na terceira tentativa completou para dentro da rede, 5x0. O forte calor promoveu um grande desgaste físico nas duas equipes e por isso passaram a tocar a bola. O PEC se fechou ainda mais, e somente aos 29, triangulação pela esquerda e Felipe Alexandre completou para o gol.

 


O atleta Thales Gaucho reforçou a equipe do Flamengo na grande decisão. “Peguei férias no meu time e tive a oportunidade de estar aqui ajudando o Flamengo mais uma vez, passei três anos aqui e fico feliz em ajudar a equipe na final, achei que por ser final seria um pouco mais complicado, mas o time jogou bem, estava entrosado e todos determinaram focados no jogo, jogamos bem e lá não pode faltar vontade, pois se perder que seja por 1x0, é pênalti”, avisou.

 


Ainda o treinador da equipe do Projeto Esportivo Candelária (PEC) Amauri Reis explicou a ausência de Ythallo Resende, jogador de criação da equipe do Candelária. “Foi indisciplina, se fez falta ou não, o PEC tem o objetivo de incentivar e educar, somos um projeto social, sempre respeitamos o adversário, precisamos do objetivo maior que é termos homens de caráter, o motivo da ausência dele é indisciplina. É um bom jogador, infelizmente ainda tivemos a ausência de Junior Reis, zagueiro, ele teve um compromisso particular, batismo dele hoje”, ressaltou.

 


Justificada as ausências o treinador achou a equipe apática. “O campo é maior, a estrutura do Flamengo é maior e respeitamos isso, sabemos que lá no Candelária faremos de tudo para fazer 1x0 e levar a decisão para os pênaltis, tentar a loteria e contando com o bom goleiro Dudu”, contou.
Para o futuro do PEC nos campeonatos da LMDD o título pode não ser o suficiente. O treinador adiantou que sem o apoio da prefeitura, por meio do convênio o qual  a Secretaria de Esportes pagava a arbitragem para os jogos das crianças, a equipe do Candelária não disputará as competições em 2014. “Sem a ajuda da prefeitura. Nós é quem pagamos a arbitragem, River Plate, Estrela de Minas e todos pagaram. Nós arcamos com a responsabilidade financeira, assim não podemos disputar, a dificuldade é muito grande não só para mim, como para todos os clubes. Todos os clubes estão de parabéns pela participação”, desabafou.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.