terça-feira, 26 de Novembro de 2013 04:49h Atualizado em 26 de Novembro de 2013 às 07:16h. Luciano Eurides

Flamengo pré-infantil é o campeão da Copa Super Craque

Foi realizada na manhã do último domingo a final da Copa Super Craque de Futebol de base, debaixo de muita chuva, no estádio Batista Leite, o Campo do Sport, em Carmo do Cajuru. Na categoria nascidos em 1999 o Flamengo de Divinópolis ficou com o título ao vencer o Bela Vista da cidade de Cláudio por 1x0.
A equipe Rubro Negra conhece o adversário e sabia das dificuldades, então logo no primeiro lance Talles recebeu a bola entre três marcadores e fez o gol da vitória, isso com apenas quatro minutos de jogo. Com a tranquilidade do placar favorável a equipe Rubro Negra conseguiu jogar. Luis, volante do time divinopolitano fez uma partida impecável, neutralizando todo meio campo do time de Cláudio. Guigui pela esquerda fazia uma excelente marcação e muitas vezes apoiava no campo de ataque obrigando a marcação a fazer o balanço e abria espaço para Peruca na direita, este repetiu os bons jogos e a grande fase no futebol que o garoto vive. A dupla de zaga, Patrick e Luís Otávio jogaram com seriedade.
A partida teve gols perdidos de ambos os lados, os goleiros fizeram boas defesas, especialmente o de Cláudio, por duas vezes o ataque Flamenguista o obrigou a fazer milagres, em uma Tales driblou o goleiro, mas tocou muito forte na bola e ela saiu na linha de fundo. Nas cobranças de falta e escanteios o goleiro da equipe da Cidade Carinho também sobressaiu.
Talles, autor do gol da vitória Flamenguista falou das dificuldades e da importância de não brincar, matar logo o jogo. “Tem de matar o jogo, o time deles é muito bom, chegamos fizemos o gol e tentamos fazer o segundo, erramos muito, eu mesmo errei muitos passes e o próprio toque dá passes, conseguimos fazer o gol e chegamos a vitória”, falou.
O meia Caio é sempre um destaque em campo, nas derrotas ele sempre vem a público explicar e dar declarações, na vitória a reportagem quis ouvir o jogador e ele dessa vez foi polêmico ao contar a possível saída do treinador: “Valeu muito, todos jogaram bem, fico feliz por ter ajudado e com muita raça conquistamos o título. Encerramos o ano com dois títulos, mas o Vanderlan encerra o contrato e veremos quem vem de treinador”, disse.
O Vandelan, há quase dois anos, entrou como treinador interino da categoria, um trabalho bem feito e os atletas exigem a permanência dele. Ele não abandona, mas manifesta o desejo de passar a categoria para outra pessoa. “Valeu demais, foi muita correria, sofrimento, mas os meninos mereciam sair com esse título, esses moleques estão de parabéns. Eu estou para largar já tem um tempinho, mas os meninos estão me segurando e eu tenho outras atividades no meu trabalho, não vou prometer ficar”, declarou.
O presidente do Flamengo, Gilberto Ferreira, o Gil, falou sobre a permanência de Vanderlan, antes elogiou os garotos da categoria 99: “Essa categoria só me dá alegria, campeão ano passado, campeão em Pará de Minas e mais este título aqui na Super Craque. Em dois anos de minha gestão, terceiro título deles e uma gratificação muito grande. O contrato com o treinador venceu, queremos renovar e a dificuldade é familiar, verei se a mulher dele o deixa continuar, quero reforçar a equipe, é uma equipe boa e unida. Antes faremos uma festa para eles”, garantiu.
O time de Divinópolis esteve no Grupo 2, estreou em casa batendo o Sport 2x0, empatou com o Bela Vista em 1x1, novo empate contra o América de Perdigão em 0x0 e fechou vencendo o Dom Bosco por 2x0. Na semifinal venceu o Palmeiras no estádio Pelezinho por 2x1 e no Mendes Mourão nova vitória, dessa vez por 1x0. Na final venceu o Bela Vista por 1x0.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.