quarta-feira, 10 de Abril de 2013 11:37h Luciano Eurides

Flamengo tem empate com sabor de vitória no Mendes Mourão

O Flamengo recebeu o Craque do Futuro nas categorias 2000, 1999 e 1998. Dois empates e uma derrota.

O Flamengo recebeu o Craque do Futuro nas categorias 2000, 1999 e 1998. Dois empates e uma derrota. Uma combinação de falhas da equipe divinopolitana e ao mesmo tempo uma qualidade do adversário que se prepara para voos mais altos.
Na categoria 2000, o time de Lagoa da Prata marcou primeiro e jogou melhor, o time de Divinópolis conseguiu um empate no final da partida e o empate acabou sendo comemorado.
O primeiro tempo foi bastante igual, os dois times tentavam a vitória e a marcação acabou sobressaindo ao ataque. No segundo tempo, a bola colocada na área do Flamengo, ninguém afastou, Rafael chutou e fez 1x0 para o Craque.
No final da partida houve um pênalti assinalado a favor do Flamengo, Marcos Paulo cobrou e empatou o jogo. O empate foi um bom resultado pelo que a equipe desempenhou dentro do Mendes Mourão
O treinador Zezé deixou claro que houve falhas por parte da equipe de Divinópolis e não tirou os méritos da equipe de Lagoa da Prata. “Para nós uma vitória, o time não rendeu o que vinha rendendo, meu time poderia ter rendido muito mais. Esse empate ficou de bom tamanho, o time deles jogou bem, tem peças importantes e tamanho manda muito”, falou.
Na categoria 99, o time visitante venceu por 1x0, se mostrou um dos melhores da região e possui uma parceria com o Formiga. O Craque do Futuro, uma junção de Bela Vista da cidade de Cláudio, Craque da cidade de Lagoa da Prata e Formiga Esporte Clube formam uma das mais preparadas equipes da categoria pre-infantil.
O time veio a Divinópolis e venceu o Flamengo, dentro do Mendes Mourão por 1x0, Igor, lateral esquerdo do time destacou o trabalho e a formação sendo realizada nessas parcerias. “Nosso time começou em Lagoa (da Prata) e graças a parceria entre Valmir, Thomás e Eduardo selecionaram os jogadores. Sou de Formiga e treino no Craque de Formiga, treinamos no clube e nos jogos nos encontramos com os demais”, falou e completou falando que o time pode chegar longe. “Treinamento, ano passado chegamos ao título mineiro, mantivemos a mesma base e apenas um saiu e foi para a base do Santos, e que daqui um tempo todos estarão em grandes times”, desejou.
A derrota abateu o time divinopolitano, sem razão, pois a equipe visitante tem grandes qualidade ressaltadas até mesmo por Vanderlan, técnico do Flamengo. “O time deles além de forte é alto, perdemos por um placar baixo para uma equipe bem selecionada”, considerou.
O atleta Chicletinho não conseguiu achar o motivo da derrota, pois a equipe Rubro Negra se preparou e se comportou taticamente muito bem. “Nosso time começou mal e somente no final do jogo que conseguimos nos acertar, merecido o resultado”, decretou.
Na categoria 98 a partida entre Flamengo e Craque já se tornou um clássico, o placar final, 0x0 foi a mostra de um jogo muito igual, André maluco, jogador do Flamengo falou da partida e da dupla função exercida por ele. “O primeiro que errasse sofreria o gol e as duas equipes acabaram jogando fechado. Vamos trabalhar para o próximo jogo, estava com vontade de jogar, pedi para ir ao ataque. Estou mudando até de atitudes, mais maduro, crescendo”, contou.
O próximo compromisso do Flamengo é contra o Boa Esperança, em Sarzedo, dia 20 de abril.

 

JUVENIL


O Flamengo enfrentou o Sesi Betim na tarde de hoje e venceu 2x1, de virada. O jogo realizado no Mendes Mourão é a primeira vitória da equipe na Imef 2013.
O Sesi Betim saiu na frente depois de um passe errado no meio campo de onde surgiu o gol da equipe da região metropolitana de Belo Horizonte.
O time do Flamengo conseguiu o gol o gol de empate com Dadinho. Em uma jogada de contra ataque, Lucas cruzou para Dadinho ter duas chances, na primeira o goleiro defendeu, na segunda ele fez o gol de empate.
A vitória veio em um gol de Cachorro. Na cobrança de escanteio, o zagueiro Rubro Negro subiu no terceiro andar para fazer o gol da virada.
O treinador Alessandro falou da vitória. “O time mostrou superação, tivemos na primeira rodada uma ansiedade da estreia, mostramos mais conjunto e superação, chegamos a um ponto de escolher os jogadores para um ponto de vista técnico e tático. Primeiro jogo não foi da maneira como queríamos e fizemos algumas modificações”, disse o treinador.
O jogador Thalles Alvim analisou o jogo e a função dele em campo. “Mudou que chegaram reforços no time e conseguimos fazer a virada e colocar a bola no chão. A posse de bola que treinamos e conseguimos repetir embora as condições do campo tenha dificultado. Voltei para volante, é a posição que gosto, é de marcar mesmo”, declarou.
A reapresentação será sexta-feira, 18h30min, no Mendes Mourão.

flamengo, empate, sabor, vitoria, mendes, mourao

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.