quarta-feira, 10 de Dezembro de 2014 05:37h Luciano Eurides

Flamengo vence o Democrata e está na final do Campeonato Mineiro do Imef

O Flamengo de Divinópolis recebeu na tarde deste sábado a equipe do Democrata de Sete Lagoas em partida válida pela semifinal do Campeonato do Instituto Mineiro de Escolinha de Futebol (Imef)

Jogo atípico: oito gols e muita disposição física dos atletas. A vitória por 6 a 2 garante a equipe na final. Esta será decidida em Itatiauçu, domingo.
O time do Democrata iniciou vencendo. Logo na saída de bola o Flamengo tentou tocar à frente da área e Tulio Lacerda errou o passe, jogou a bola para o adversário que não perdoou e fez 1 a 0. Na sequencia, o Flamengo correu e buscou o empate. Jogada de Tulinho pela direita e deu para Felipe Alexandre, de frente para o gol, fazer 1 a 1. Logo em seguida, novo cruzamento de Tulinho, dessa vez para João Vitor, mesmo caído, fazer 2 a 1. Ainda na primeira etapa, em cobrança de falta, Felipe Alexandre fez o terceiro do Flamengo, o terceiro dele no jogo.
Na segunda etapa a equipe do Democrata tentou e apertou o marcador. Daniel diminuiu para a equipe de Sete Lagoas. O Flamengo precisa da vitória e não cedeu mais espaços. Lugas Gago fez o quarto. Tulio Lacerda se redimiu fazendo o quinto gol rubro-negro e Felipe Araújo fechou a goleada.
A vitória foi um presente de aniversário para o zagueiro Yan, que completou os 17 anos com a vaga na final. “Eu pedi de presente de aniversário seria a vitória e estou agradecido. Não esperava tanto, foi um jogo pegado, o time deles é bom, saímos perdendo, achei que tudo tinha acabado. Uma história construída e iria acabar. Conversamos e falamos ‘se estamos aqui até hoje, não é para sair com derrota’. Conseguimos”, destacou o aniversariante.
Felipe Alexandre fez dois gols no jogo e garante que a vitória credencia o time para a grande final. “Melhor que esperávamos e tomamos um gol muito rápido e viramos muito rápido também e por isso o time está de parabéns pela ação. Final tem de trabalhar e fazer a história. A bola parada trabalhamos muito durante a semana e eu me preparei nesse fundamento que ajuda a equipe”, falou o artilheiro do jogo.
O atacante Tulinho não fez gol, mas deixou os colegas prontos para marcar e ainda fez um carnaval na defesa do Democrata. Ele falou dessa nova função. “Ultimamente não estou marcando, mas ajudo meus companheiros a fazer. No lance do gol de empate vi o Felipe melhor colocado e dei preferência em rolar a bola para ele. Quando fizemos o terceiro gol, nosso time acalmou, colocou a bola no chão e saímos com a vitória”, considerou.
A final será contra o vencedor de Montreal e Vila Nova.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.