quarta-feira, 20 de Novembro de 2013 11:09h Redação

Flávio Lopes faz balanço de seu primeiro mês no clube

Gerente de Futebol mantém esperança no acesso e projeta o América ainda mais forte em 2014

O Gerente de Futebol Flávio Lopes fez um balanço de seu primeiro mês de trabalho no América. O dirigente mantém sua esperança no acesso à Série A e avalia como positivo o trabalho realizado até o momento. A dois jogos do encerramento da temporada, o dirigente destaca que, independentemente do que acontecer nas últimas rodadas, o planejamento está sendo elaborado para que o clube tenha um time ainda mais fortalecido em 2014. Ele ressalta também o bom relacionamento com o técnico Silas e sua comissão técnica e o trabalho de renovação do grupo com jogadores formados na base.

ESPERANÇA

“Completei um mês de trabalho acompanhando praticamente 24 horas por dia todas as situações do futebol. Nesses dias vivi bons momentos e momentos tristes tanto para nós quanto para o torcedor. Mas, no futebol, tudo pode acontecer. Então vamos torcer para que os resultados dos outros concorrentes possam acontecer a nosso favor”.

RENOVAÇÃO

“Vi muitos atletas jovens ganhando condições de jogar uma Série B. Temos três goleiros da base (Glaycon, Matheus e Hugo), o Ygor, o Júnior Lemos, o Assis, o Luiz, o Xavier, o Danilo, o Carlos Renato, o Lula. Vários atletas compondo este grupo e passando por este momento tão importante que estamos vivendo”.

FORÇA DA BASE

“Temos a intenção de manter 90% dos jogadores que vieram da base e receber outros que irão estourar a idade. Pedi para a comissão técnica da base uma relação dos atletas que podemos aproveitar, porque em janeiro já pretendemos levá-los para a pré-temporada. Este perfil do América não vai mudar, de saber manter os jogadores da base”.

RECUPERAÇÃO

“Também vi atletas que chegaram e não estavam bem se recuperarem. Portanto, houve crescimento. É assim que se forma um grupo mais homogêneo para o ano que vem. Estamos tomando as decisões necessárias, independentemente do que vai acontecer. Também estamos atentos para que erros não voltem a acontecer”.

REFORÇOS

“Temos conversado e analisado com o Silas e a comissão técnica os nomes que poderão vir. Ele tem indicado alguns e nos outros. Pretendemos manter cerca de 80% do time titular, o que nos dará uma boa base para o ano que vem. Vamos trazer mais umas três ou quatro peças pontuais, para o América ficar ainda mais fortalecido”.

ENTROSAMENTO COM SILAS

“Fiquei muito feliz e à vontade ao perceber que ele (Silas) tem naturalidade em conversar comigo. Pelo fato de eu ter sido treinador, talvez, se fosse outro técnico, minha chegada poderia causar alguma resistência no começo. Mas não foi isso que aconteceu. Muito pelo contrário. Ele me trouxe mais para próximo dele devido a minha experiência e o tempo que já estive na função dele. Fiquei muito feliz, porque você troca ideias, conversa determinadas situações em busca de evolução. E minha intenção era exatamente esta: ser uma pessoa para trocar ideias com o treinador, para as coisas acontecerem em comum acordo, e não ser uma pessoa distante, que não pode entrar na sala do técnico. Aqui é totalmente o contrário. Entro na sala dele, ouço os assuntos e converso sobre qualquer tipo de coisa”.

PRÉ-TEMPORADA

“Uberlândia é uma possibilidade e temos outras três. Mas tem também uma grande possibilidade de fazermos a pré-temporada aqui. Com esses campos que nós temos, com a nova academia do CT, só precisamos resolver algumas situações de hotel. Se der tudo certo, então vamos ficar aqui em nosso CT”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.