quarta-feira, 13 de Janeiro de 2016 11:37h Site oficial Atlético Mineiro

Florida Cup: Atlético reencontra Schalke 04 após 65 anos de um lendário jogo

Equipe comandada pelo uruguaio Diego Aguirre faz o primeiro teste na temporada diante de um velho conhecido da trajetória de Campeão do Gelo

12 de novembro de 1950. Em meio ao frio de Gelsenkirchen, a delegação do Atlético cruza ruínas e prédios destruídos. A Segunda Guerra Mundial havia deixado cicatrizes na Alemanha. Mas a festa estava preparada no Estádio Glückauf-Kampfbahn. Cerca de 45 mil torcedores lotam a arquibancada por um motivo especial.

Fritz Szepan e Ernst Kuzorra, dois ídolos do anfitrião Schalke 04 – tricampeão consecutivo do Oeste Alemão e com cinco nomes na seleção local –, celebrariam sua partida de despedida diante do Alvinegro.

E, certamente, eles não contavam com a força do time comandado pelo técnico argentino Ricardo Diez. Mesmo já desgastado com a intensa excursão à Europa, além das temperaturas baixas, o Galo não tomou conhecimento dos Azuis Reais. Assim que Zé do Monte trocou flâmulas com os rivais, começou o show e a água na “cerveja” do Schalke.

Lucas Miranda e o camisa 9 Vaguinho, este em duas oportunidades, garantiram os 3 a 1 sobre o rival. Mallinowski balançou as redes para o mandante.

“O Atlético arrancou aplausos do povo alemão, demonstrando seu poderio em ótima apresentação. Futebol prático e vistoso, caracteristicamente brasileiro. Futebol de primeira qualidade!”, se renderam os jornalistas alemães, ao final do encontro. O Galo escrevia outra página na heroica trajetória de Campeão do Gelo.

O Atlético atuou com Mão de Onça; Afonso, Juca, Oswaldo e Barbatana; Zé do Monte, Lauro e Lucas Miranda; Alvinho, Nívio e Vaguinho. Técnico: Ricardo Diez.

 

Reencontro e clima de revanche

Mais de seis décadas depois, Atlético e Schalke 04 voltam a ficar frente a frente. Desta vez, em Fort Lauderdale, às 21h30 (de Brasíila), pela Florida Cup, com presença garantida da Massa nos Estados Unidos. Os alemães prometem “vingar” o lendário duelo de 1950, enquanto o Alvinegro quer repetir a dose.

“O Schalke é um time de muita tradição na Alemanha, heptacampeão da Bundesliga e que possui mais de 140 mil sócios. Hoje, o clube tem, além de estrelas como Huntelaar, jovens promessas como Max Meyer , Leon Goretzka e Leroy Sané , já sondado por Barcelona e Manchester City”, afirma Christian Nier, editor-chefe da Goal.com Alemanha.

 

FICHA TÉCNICA

 

SCHAKKE 04 x ATLÉTICO

Motivo: Florida Cup
Local: Lockhart Stadium, Fort Lauderdale Strikers, EUA
Data: 13/1/2016
Hora: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Ted Unkel (EUA)
Assistentes: Mark Cahen (EUA) e Brian Poeschel (EUA)

 

Atlético
Victor; Marcos Rocha, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Luan e Giovanni Augusto; Thiago Ribeiro e Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre.

 

Schalke 04
Giefer – Riether, Kehrer, Neustädter e Kolasinac; Geis, Goretzka, Sane, Meyer e Choupo-Moting; Di Santo. Técnico: André Breitenreiter.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.