quinta-feira, 13 de Agosto de 2015 10:54h Atualizado em 13 de Agosto de 2015 às 10:56h.

Gabriel Xavier não é convocado para o jogo frente o Joinville

Após conquistar quatro dos últimos seis pontos disputados contra equipes da parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro agora se prepara para o duelo contra o Joinville, antepenúltimo colocado, nesta quinta-feira, às 21h, em Santa Catarina. Para a viagem ao Sul do país, o técnico Vanderlei Luxemburgo relacionou 23 atletas.
Para esta partida, o treinador celeste terá os retornos do lateral-direito Mayke e do volante Charles, que cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo na última rodada. Mas a volta de ambos ao time titular ainda é uma incógnita, já que o zagueiro Léo e o lateral-esquerdo Fabrício, que atuaram improvisados no lado direito e no meio-campo, respectivamente, se saíram bem na vitória sobre o Palmeiras.
Além de Mayke e Charles, outras novidades na lista são a inclusão de Elisson, o terceiro goleiro, e a ausência do meia Gabriel Xavier, que vinha figurando no banco de reservas nas últimas partidas.
Na 11ª posição, com 21 pontos, o Cruzeiro vem em evolução nas duas últimas rodadas e enfrentará o pior mandante do Brasileiro. Em oito jogos na Arena Joinville, o JEC venceu apenas duas vezes e empatou outras duas.
No fim de maio, ainda sob o comando de Marcelo Oliveira, a Raposa perdeu por 2 a 1 para o Figueirense, em Florianópolis, pela quarta rodada. A partida marcou a queda do treinador que foi demitido para a chegada de Vanderlei Luxemburgo. Após três vitórias consecutivas, o Cruzeiro recebeu a Chapecoense, no Mineirão, mas foi surpreendido e acabou derrotado por 1 a 0, pela oitava jornada da competição.
O último encontro com uma equipe catarinense aconteceu na 14ª rodada, contra o Avaí, no Mineirão. A Raposa saiu na frente no placar, mas cedeu o empate nos minutos finais. “Realmente, perdemos para Figueirense e Chapecoense, e empatamos com o Avaí em um jogo que não para empatar. Chegou a hora de mudar essa escrita, trabalhar para inverter a lógica e que no segundo turno a gente tenha mais sucesso com essas equipes”, destacou o zagueiro Paulo André.
Agora, os jogadores apostam na mudança de postura que o time mostrou nas partidas contra Sport e Palmeiras para reverter o histórico recente contra os catarinenses, vencendo o quarto e último representante de Santa Catarina nesta quinta-feira.
A alteração tática para três volantes também foi importante para a revolução no futebol apresentado pelo Cruzeiro nas duas últimas rodadas. “A equipe está muito mais equilibrada, com mais gana de buscar a vitória e não somente ficar se defendendo ou se omitindo na partida. Nos dois últimos jogos vimos muito isso e a equipe vem em uma crescente boa. Mas se não tivermos o mesmo empenho contra o Joinville o resultado negativo voltará a acontecer”, alertou o capitão Fábio.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.