segunda-feira, 2 de Julho de 2012 13:12h Daniel Michelini

Galo bate o Grêmio no Olímpico e assume a liderança

O Galo enfrenta agora a Portuguesa, domingo, ás 18h30, na Arena Independência. Cuca confirmou que o goleiro Victor irá estrear. Contudo, elogiou a boa atuação de Giovanni

Obra prima. Esta parece ser a definição geral para a jogada do garoto Bernard no gol da vitória do Atlético sobre o Grêmio, em pleno Estádio Olímpico, em Porto Alegre. O resultado fez com que o alvinegro assumisse a liderança do Brasileiro, empatando em número de pontos com o Vasco, que venceu a Ponte Preta por 3 x 2. Porém, o time mineiro leva vantagem no saldo de gols.

 


Os ingredientes que tornavam o jogo um espetáculo não eram poucos. Pelo lado atleticano, a contratação inesperada do goleiro gremista Victor, que acabou não jogando, e o retorno do meia Ronaldinho Gaúcho ao Olímpico eram os grandes motivos para o confronto. Já o Grêmio apostava suas fichas na estréia do experiente meia Zé Roberto, de 36 anos. Para conter as investidas do camisa 10 gremista, a dupla de volantes do Atlético, Pierre e Leandro Donizete, se mostraram bastante eficientes.

 


O tricolor gaúcho começou o jogo atacando o Galo, pois se obtivesse o resultado positivo, entraria no G4, ultrapassando justamente o alvinegro. Marcelo Moreno e Kléber buscavam jogo, mas a marcação implantada pelo Atlético diminuía os espaços. Cuca revezou Danilinho e Serginho na marcação pelo lado direito da defesa, onde o Grêmio avançava com o lateral esquerdo Anderson Pico e o atacante Kléber.

 


Mesmo com o Grêmio buscando o ataque, quem abriu o placar foi o Galo. Em escanteio cobrado por Ronaldinho, Leonardo Silva cabeceou mal e a bola sobrou para Bernard que, na linha de fundo, aplicou dois chapéus em defensores gremistas e cruzou para Jô, que marcou de voleio o seu terceiro gol com a camisa do Atlético.

 


Na segunda etapa, o jogo ficou movimentado, com o Grêmio tendo maior volume de jogo. Nos contra-ataques, o Galo levava perigo nas investidas de Ronaldinho e Bernard. Numa delas, em jogada do camisa 49, ele serviu Danilinho, que viu Jô livre para marcar. O atacante, porém, chutou em cima do goleiro Marcelo Grohe.

 


O Galo enfrenta agora a Portuguesa, domingo, ás 18h30, na Arena Independência. Cuca confirmou que o goleiro Victor irá estrear. Contudo, elogiou a boa atuação de Giovanni, que completou sua sétima partida pelo Brasileiro, não podendo assim jogar por outra equipe da Série A.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.