quarta-feira, 9 de Novembro de 2011 14:51h Luciano Eurides

Galo com os dois pés no chão

Na 14ª posição, com 39 pontos, o Atlético precisa somar mais cinco pontos dos 15 que ainda estão em disputa. Apesar de parecer uma tarefa relativamente fácil para um time que já teve mais de 70% de chance de ser rebaixado, o técnico Cuca prefere manter a cautela.


O treinador fez questão de destacar que o futebol é muito dinâmico e, ao mesmo tempo em que você está por cima, pode acabar caindo. “Há 23 dias, a gente ia jogar com o Santos e tínhamos 78% de chance de cair. Hoje, essas chances baixaram para 6% e falta menos de um mês para acabar. Futebol é dinâmico, temos que ter cuidado. O dinamismo trabalha a favor e contra. E agora é hora de ter regularidade. Os adversários que temos pela frente são duros.”


Inicialmente, Cuca trabalhava com 43 pontos para evitar qualquer risco de rebaixamento. Passadas algumas rodadas, o treinador chegou a baixar esse número para 42. Entretanto, após os resultados da rodada passada, com vitória de Atlético-PR, Ceará e América, Cuca voltou a trabalhar com os 43 pontos.  “As vitórias do Atlético-PR e do Ceará sobem esses números. Antes era 42, agora é 43. Temos que fazer cinco pontos. Mas não tem nenhum jogo que você diga que é tranquilo. Temos que estar atentos e até com medinho para não sermos surpreendidos.”


Faltando cinco rodadas para o fim do Brasileirão, o Atlético ainda encara: Figueirense (fora), Coritiba (em casa), Corinthians (fora), Botafogo (em casa) e Cruzeiro (na Arena do Jacaré, mas apenas com a presença de torcedores da Raposa).


Um dos destaques do Atlético nesta reta final do Campeonato Brasileiro, o meia Bernard está ansioso para fazer o seu primeiro gol como profissional e espera que aconteça no jogo deste sábado, contra o Figueirense, em Florianópolis. “Venho trabalhando para isso e quem trabalha chega uma hora que acaba fazendo o gol. Estou trabalhando muito e, se ainda não consegui, tenho que trabalhar ainda mais para poder dar resultado logo. Fico ansioso para sair esse primeiro gol e a torcida também, mas tenho certeza que ele vai sair na hora certa”, disse a revelação atleticana.


Bernard afirma que espera um jogo bastante difícil na capital catarinense. “Será um jogo complicado fora de casa, contra uma equipe muito forte, que encontrou uma forma de jogar. Então, precisamos ter bastante concentração e jogar com inteligência para poder somar pontos”, comentou o jogador.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.