segunda-feira, 2 de Maio de 2011 16:18h Luciano Eurides

Galo confirma presença na final do Campeonato Mineiro

Reafirmando a força do trabalho de base realizado pelo Atlético, o técnico Dorival Júnior utilizou nada menos que oito atletas formados no Clube, sete deles como titulares, na vitória por 2 a 1 sobre o América. O triunfo no clássico deste sábado, disputado em Sete Lagoas, garantiu a presença atleticana na decisão do Campeonato mineiro. Renan Ribeiro, Werley, Fillipe Soutto, Serginho, Giovanni Augusto, Renan Oliveira e Mancini começaram jogando e, no final da partida, o jovem Leleu entrou no lugar de Magno Alves.


Com quatro jogadores oriundos das categorias de base, o meio-campo alvinegro foi bastante elogiado por Dorival Júnior. “A reação do meio foi muito positiva, marcamos com muita intensidade, bem postados, era difícil o America penetrar. Acho que esse foi o fator decisivo para que alcançássemos um belo resultado”, analisou o treinador, que também destacou a evolução do meia Giovanni. “É, apenas, tudo aquilo que ele fez ao longo da temporada. Ele treinou, se preparou e, no momento em que surgiu a oportunidade, se sente preparado. E, acima de tudo, ele está querendo. Mesmo não tendo a característica de ser um jogador de marcação, ele está se posicionando bem, brigando por posse de bola. Então, é tudo que nós queremos”, comentou Dorival. “Gosto de uma equipe que se doe, que jogue com intensidade e isso daí ele tem feito. Ele está ganhando a posição naturalmente”, completou o treinador atleticano.


O elenco atleticano se reapresenta às 9h de hoje, na Cidade do Galo. O dia será de treino em dois períodos. Os trabalhos marcarão o início da preparação atleticana para o primeiro clássico da decisão do Campeonato Mineiro.

 

Richarlyson

 

A versão do árbitro paulista Cléber Wellington Abade sobre a expulsão do volante Richarlyson foi conhecida na tarde desta segunda-feira, com a divulgação da súmula do jogo entre Atlético e América. Segundo o documento divulgado pela Federação Mineira de Futebol, o jogador proferiu xingamentos ao árbitro.


Cléber Wellington Abade escreveu: “No primeiro minuto do segundo tempo, expulsei com cartão vermelho direto o jogador de número 14 do Clube Atlético Mineiro, sr. Richarlyson Barbosa Felisbino, que, após perder a bola na disputa com o adversário, correu em minha direção e disse-me o seguinte: 'já vai começar, seu filho da p.'. Após a expulsão, imediatamente foi retirado de campo e o jogo prosseguiu dentro das normalidades.”
Richarlyson recebeu o cartão vermelho 25 segundos depois de entrar em campo. Ele entrou no começo do segundo tempo no lugar de Renan Oliveira. Ao deixar o gramado, o volante garantiu que não ofendeu Cléber Wellington Abade: “O Sheslon fez a falta em mim, eu falei 'Abade, foi falta' e ele foi e me expulsou.”
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.