terça-feira, 31 de Maio de 2011 12:55h Luciano Eurides

Galo é 100% de aproveitamento no Brasileirão

Atlético Mineiro e Vasco lideram depois de disputada a segunda rodada do Brasileirão. Os líderes estão empatados em tudo e são seguidos de São Paulo e Corinthians, com os mesmos seis pontos. Foram 23 gols, um a menos que na rodada inaugural. A média de público foi um pouco melhor, de 11.731 pagantes, contra 10.019. O melhor público foi para Bahia e Flamengo. O pior ficou para São Januário, com 2.626 pagantes, entre os reservas do Vasco e o América.


No jogo mais movimentado da rodada o Atlético bateu o Avaí, por 3 a 1, de virada, com três gols dos zagueiros. Leonardo Silva (duas vezes) e Réver, enquanto o atacante Fábio Santos marcou para o Leão. Com a vitória, o Galo segue na ponta, com seis pontos. Já os catarinenses, lanternas, sem nada, entram em crise, após a eliminação na Copa do Brasil. Na quarta-feira, caiu com uma derrota para o Vasco, por 2 a 0.


Autor do gol de empate e do terceiro gol, Leonardo Silva comemorou a boa atuação e a conquista dos três pontos. “Graças a Deus, pude fazer esses gols para ajudar a equipe do Atlético. Deus me abençoou, abençoou também os cobradores, que bateram muito bem os escanteios, e a gente pôde sair com essa grande vitória graças a esses gols de zagueiro”, destacou o zagueiro. Na avaliação do defensor, os seus dois gols foram lances de oportunismo. “No primeiro, o Richarlyson ganhou de cabeça, eu estava na área, a bola sobrou e pude concluir no gol. O segundo foi em uma excelente batida do Mancini ali no primeiro pau, uma jogada que a gente trabalha bastante, e consegui sair na frente para fazer o gol”, comentou Leonardo Silva, que concluiu destacando a importância do triunfo em Santa Catarina, que valeu o topo da tabela. “Para um time que quer ser campeão, quer brigar pelo título, as vitórias fora de casa são muito importantes. Conseguimos a primeira e vamos trabalhar para que, jogo a jogo, a gente possa ir conseguindo os pontos e as vitorias para nos manter na liderança”.


Depois de assumir a liderança o Atlético inicia, na manhã de hoje, a preparação para enfrentar o São Paulo. O jogo contra a equipe paulista será válido pela 3ª rodada da competição. A reapresentação do elenco será às 9h e haverá treinamento também no período da tarde, às 16h. A partida contra o São Paulo acontecerá às 21h50 do próximo dia 8, na Arena do Jacaré.

 

 

Cruzeiro


Para o confronto em Sete Lagoas, o técnico Dorival Júnior terá novamente à disposição o volante Serginho, que cumpriu suspensão nas duas primeiras rodadas do Brasileirão.


O Palmeiras saiu na frente do Cruzeiro, mas não conseguiu segurar a pressão do time mineiro e cedeu o empate por 1 a 1, na tarde deste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante Luan colocou o Verdão na frente, mas o estreante Anselmo Ramon igualou para a Raposa.


O elenco não ficou satisfeito com o empate. Valorizam a evolução da equipe e mantêm o otimismo para o decorrer da competição nacional.O atacante Thiago Ribeiro frisou que a Raposa exibiu um futebol bem mais envolvente diante do Palmeiras, se comparado a estreia contra o Figueirense. Para o camisa 11 a equipe estrelada merecia sair da Arena do Jacaré com a vitória. “Em Florianópolis, na derrota para o Figueirense, a gente não jogou tão bem. Contra o Palmeiras, jogamos muito melhor, mas em termos de chances, a gente criou muito mais e poderíamos ter conquistado um resultado melhor”, destacou.


A respeito do empate dentro de casa, o zagueiro Léo enalteceu a superioridade celeste em campo contra o time paulista. Ele ainda cita as várias chances de gol criadas pelo Cruzeiro, que falhou na pontaria para definir o placar a seu favor. “Tivemos várias oportunidades. O importante é que tivemos supremacia em quase todo o jogo e conseguimos trabalhar a bola de um lado para o outro”, valoriza.


O volante Leandro Guerreiro prega tranquilidade e afirma que o grupo cinco estrelas continuará trabalhando firme para crescer no Brasileirão. Para o atleta, o time precisa estar ciente da força do Cruzeiro, que permanece tendo totais condições de brigar pelo título nacional. “É importante continuar trabalhando, dando força um para o outro, porque sabemos que a equipe tem todas as condições de chegar no topo da tabela e ser campeão”, concluiu.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.