terça-feira, 14 de Fevereiro de 2012 09:03h Atualizado em 14 de Fevereiro de 2012 às 10:29h.

Galo é líder do Campeonato Mineiro

Com a vitória por 2 a 0 sobre a Caldense, no último sábado, o Atlético assumiu a liderança isolada do Campeonato Mineiro e se manteve com 100% de aproveitamento na competição.
O bom início de temporada é ressaltado pelos jogadores, que esperam ampliar a sequência positiva. “Fizemos um primeiro tempo perfeito, marcando em cima, e deixamos um pouco a desejar no segundo, mas o importante é que conseguimos mais três pontos. A fase da equipe está boa e a gente espera conquistar mais vitórias”, comenta o volante Leandro Donizete.
Para o volante Fillipe Soutto, a equipe de Poços de Caldas foi um adversário muito difícil e valorizou bastante o triunfo atleticano. “A Caldense dificultou bastante no primeiro tempo, mas a gente conseguiu imprimir um ritmo forte. Foi um jogo difícil, o time deles é experiente e estava bastante focado, mas entramos em campo sabendo que seria um jogo bastante difícil. O importante é comemorar mais essa vitória e saber que, para o time se manter bem, tem que estar em constante evolução e é isso que o Atlético procura fazer”, disse o jovem meio-campista.
O volante Pierre também exalta o bom início e almeja ampliar a série de vitórias. “O importante nesse momento foi a vitória e manter os 100% de aproveitamento. Mas não podemos nos acomodar. Temos que manter a pegada e trabalhar para continuar cada vez mais forte”, observou.
Sem contar com Daniel Carvalho,que foi para o Palmeiras, Cuca criou um trio ofensivo com Bernard, Escudero e Danilinho. Porém, o treinador admite que o cérebro do novo meio de campo do Atlético-MG ainda precisa ser achado dentro do próprio elenco alvinegro. “Eu tenho opções. Usando o Mancini, como ele entrou na partida passada, ou o Escudero mesmo. Mas ainda não senti aquela liga, aquele encaixe deste homem que faça o ataque jogar com as enfiadas de bola. Acho que ainda buscamos esse perfil e temos que ter calma para encontrá-lo
dentro do nosso elenco”, comentou.
O meia-atacante Bernard, que perseguiu o primeiro gol como profissional durante toda a temporada passada, começou 2012 marcando contra o Boa Esporte, e diante da Caldense também deixou sua marca em cobrança de falta. O jogador revelou que vem treinando cobranças de falta e surge como solução do Atlético-MG nas bolas paradas, que foram pouco aproveitadas no último ano. “Venho aperfeiçoando esse ano. No ano passado, tínhamos muitos batedores. A responsabilidade era grande de tirar a bola da mão do Daniel Carvalho. Claro que, se precisasse, eu tiraria a bola dele. Espero continuar ajudando não só na cobrança de falta, mas na marcação, dando passe. Aparecem poucas oportunidades em faltas frontais. Graças a Deus eu fiz o gol”, disse o jogador, que revela que nas categorias de base já treinava cobranças de falta. “No júnior do Atlético e no Democrata de Sete Lagoas eu vinha batendo faltas e tinha um bom aproveitamento. Tem que ter concentração muito grande e muito treinamento. Se precisar de mim sempre estarei à disposição para bater”, afirmou.
O bom momento vivido por Bernard é atribuído ao apoio que vem recebendo dos familiares e da namorada, sempre presentes no estádio dando apoio para o jogador. ‘Está sendo importante a ajuda da família, da minha namorada, da família da minha namorada também. São elementos que fazem a gente não precisar se preocupar fora de campo. Só se preocupar em jogar. Deus está colocando pessoas certas na minha vida’, declarou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.