terça-feira, 28 de Outubro de 2014 04:34h

Galo é o melhor do segundo turno

A arrancada do Atlético no segundo turno do Campeonato Brasileiro vai contra o que pregam treinadores e comentaristas esportivos

Dono da melhor campanha do returno, com 24 pontos conquistados, o time convive com problemas seguidos, mas até agora conseguiu superá-los.
Repetição, por exemplo, é uma palavra distante da realidade de Levir Culpi. Nas doze partidas do returno, ele não conseguiu repetir a escalação por dois jogos seguidos. Cartões e inúmeras contusões impedem uma sequência. Desde 11 de setembro, quando iniciou a segunda metade do Brasileirão diante do Corinthians, dez jogadores tiveram problemas com contusão. Além disso, cartões e convocações de atletas para as seleções brasileiras aumentaram a dor de cabeça do treinador.
Os problemas no returno são tantos que, em alguns jogos, como diante do Vitória, faltaram jogadores para completar até mesmo o banco de reservas.  Surpreendentemente, dentro de campo os problemas foram deixados de lado. Em suas entrevistas, Levir sempre minimizou os desfalques e deu confiança para os  reservas.
Depois de iniciar o returno com uma derrota para o Corinthians, em São Paulo, e um empate com o Grêmio, no Horto, o time iniciou a arrancada com quatro vitórias seguidas, contra Goiás, Cruzeiro, Santos e Vitória.
A sequência positiva foi interrompida com uma derrota para o Criciúma e um empate com o Fluminense (fora de casa). No entanto, a vitória reapareceu no Independência, diante do São Paulo, concorrente direto pelo G-4. Na sequência, um empate amargo com o Bahia (vencia até 38' do 2º T), em Salvador e triunfo sobre a Chapecoense, no Horto. Na última rodada, mesmo com um time desfigurado em razão dos desfalques, o Atlético buscou forças e venceu o Sport, por 3 a 2, no Independência, alcançado provisoriamente a vice-liderança.
No total, são sete vitórias, três derrotas e duas derrotas no returno, o que representa aproveitamento de 66,67%. O Atlético terminou o primeiro turno na sétima posição, com 30 pontos.

Copa do Brasil
A superação do Atlético também ocorreu na Copa do Brasil, especialmente contra o Corinthians. Após ser derrotado por 2 a 0 em São Paulo, o Atlético chegou para o jogo no Mineirão com a obrigação de fazer 3 gols e não levar nenhum. Porém, no começo da partida sofreu um gol. Mas o time buscou forças e fez quatro gols, numa virada memorável para os atleticanos.
O time volta a campo pela competição nesta quarta-feira, contra o Flamengo, no Maracanã. O jogo da volta será em Belo Horizonte.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.