quarta-feira, 16 de Julho de 2014 08:10h

Galo é Victor e mais dez

O Atlético ganhou o retorno do goleiro Victor, na tarde desta segunda-feira, no penúltimo treinamento da equipe visando o jogo contra o Lanús, quarta-feira, às 22h, no estádio La Fortaleza, na partida de ida da decisão da Recopa Sul-Americana.

O atacante Jô, no entanto, não participou da atividade por ter enfrentado atrasos no voo para chegar à Argentina. Contudo, o retorno do camisa 7 ao time titular não está garantido, já que o treinador pensa em manter André. A equipe foi escalada com: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho e Maicosuel; Diego Tardelli e André.
Victor e Jô deixaram a Seleção Brasileira nesse final de semana. Os dois jogadores estavam com o grupo desde o fim de maio porque foram convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari para a disputa da Copa do Mundo. O goleiro não entrou em campo, enquanto o atacante fez três jogos. “Foram dois meses respirando Copa do Mundo, agora é voltar a viver o dia a dia do clube, rever os companheiros e já disputando um título”, disse o goleiro.
A rivalidade entre Brasil e Argentina estará em campo na decisão em Lanús, mas Victor pensa que a provocação tem que ser deixada de lado para não prejudicar o Atlético. “Temos que focar somente em jogar futebol e fazer aquilo que é determinado pelo Levir. Não temos que se preocupar com catimba porque isso gera instabilidade”, declarou.
De volta ao elenco atleticano, o goleiro Victor está motivado para a distputa da Recopa Sul-Americana. “Eu estava respirando Copa e, agora, voltar a viver o dia a dia do clube, rever os companheiros, isso é muito bacana, e já disputando um título. Então, nada melhor que uma situação como essa, disputando um título, para esquecer de vez o que houve na Copa do Mundo. Mas foi uma experiência boa, não só pelo aprendizado, mas por poder representar o país e viver o clima de Copa do Mundo”, disse o jogador.
Victor observou que o Atlético deve se preocupar apenas com o seu futebol. “A rivalidade entre Brasil e Argentina é sempre forte e dessa vez não será diferente, mas temos que ter tranquilidade, foco e manter a concentração para tentar evitar esse tipo de situação”, comentou.
O goleiro atleticano revelou que ainda não colocou o papo em dia com os companheiros. “Não deu tempo de conversar muito. Cheguei na hora do almoço, o voo atrasou umas quatro horas, eu estava muito cansado, mas é bom rever os amigos e vamos atualizar as resenhas a partir de agora”.
O grupo atleticano realizou, na tarde desta segunda-feira, no Centro de Treinamento da AFA, em Ezeiza, na Argentina, o penúltimo treino antes do jogo de ida da Recopa Sul-Americana 2014, contra o Lanús.
A partida será realizada às 22h desta quarta-feira (16/7), no Estádio La Fortaleza, em Lanús, província de Buenos Aires.
Foram realizados trabalhos físicos, seguidos de um treinamento tático. A equipe foi escaldada pelo técnico Levir Culpi com: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho e Maicossuel; Diego Tardelli e André.
A Recopa é disputada entre os atuais campeões da Copa Libertadores da América (Atlético) e Copa Sul-Americana (Lanús). A partida de volta do torneio continental acontecerá no dia 23/7 (quarta-feira), também às 22h, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.