quinta-feira, 17 de Novembro de 2011 11:37h Luciano Eurides

Galo entra em campo para fugir definitivamente do rebaixamento

Em confronto considerado decisivo pelos jogadores, o Atlético recebe o Coritiba às 20h30 de hoje, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. A partida será válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro e a massa atleticana já garantiu presença, com quase 17 mil ingressos vendidos antecipadamente.
O volante Fillipe Soutto destaca a importância do desafio frente ao time paranaense. Segundo ele, é inegável o crescimento do Atlético no returno, mas o relaxamento não pode acontecer. “Temos que conseguir nosso objetivo o mais rápido possível para, lá na frente, a gente não lamentar. Então, é importante encarar esses jogos agora, principalmente esse próximo, contra o Coritiba, como uma decisão, como o jogo da nossa vida”, comentou o meio-campista, que considera a raça fundamental nesta reta final do Brasileirão. “Foi difícil atingir esse patamar de equipe competitiva. Hoje, nosso time é mais competitivo, mais entrosado, e todos do elenco têm sido importantes. A cara do Atlético hoje é de um time competitivo, raçudo e que precisa vencer. Por isso, temos que jogar para frente, com garra, e entendendo que esse momento exige mais vontade do que qualidade técnica” observou.
Soutto espera um adversário bastante aguerrido, uma vez que o Coritiba ainda briga por vaga na Taça Libertadores do ano que vem. “Fora de casa, é um time inteligente porque sabe das características dos jogadores, que são rápidos, têm bom toque de bola e bom contra-ataque. Então, vai ser um jogo bastante estudado no começo porque anossa necessidade de vitória é grande e eles ainda sonham com vaga na Libertadores. Temos que saber sair da marcação forte, criar chances e aproveitar as nossas qualidades para vencer esse jogo que é tão importante”, concluiu o volante alvinegro.


Com dois importantes desfalques - o lateral-direito Carlos César e o meia Daniel Carvalho, ambos suspensos - o técnico Cuca acabou ganhando outro problema para enfrentar o Coritiba, no confronto desta quinta-feira: o atacante Neto Berola sofreu uma leve entorse no tornozelo direito e é dúvida para pegar o Coxa.


Berola participou da primeira parte do treinamento, sem a presença da imprensa. Quando os jornalistas tiveram acesso ao CT, o Galo treinava com: Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Leonardo Silva e Richarlyson; Pierre, Fillipe Soutto, Renan Oliveira e Triguinho; Bernard e André.
No decorrer da atividade, Cuca fez várias alterações na equipe. Na lateral esquerda, Eron e Triguinho foram observados. No meio-campo, Mancini e Richarlyson também treinaram. Já no ataque, Magno Alves e Marquinhos Cambalhota foram testados.


A escalação do lateral Triguinho depende de pagamento de multa contratual ao Coritiba, que emprestou o atleta ao Galo.
Apesar de algumas dúvidas, o Atlético deve entrar em campo com: Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Leonardo Silva e Triguinho; Pierre, Fillipe Soutto; Renan Oliveira e Bernard; André e Neto Berola (Magno Alves).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.