sexta-feira, 18 de Março de 2016 11:48h

Galo está a um ponto das oitavas de final da Libertadores

Depois da vitória por 3 a 0 sobre o Colo-Colo, a torcida do Atlético deixou o Independência mais confiante nos substitutos dos titulares

A lesão do goleiro Victor abriu espaço no jogo desta quarta-feira para Giovanni, que fez ao menos duas excelentes defesas. Patric, que começou na vaga de Robinho, falhou em alguns lances, mas, de tanto insistir, deixou sua marca ao balançar as redes no segundo gol. Hyuri, que entrou no lugar do lateral-direito, também marcou mostrando a força do elenco alvinegro.
A qualidade do grupo do Atlético foi destacada por Rafael Carioca, que teve ao seu lado Júnior Urso, pois Leandro Donizete estava suspenso pelo terceiro amarelo. Com a inspiração de um armador, o volante foi o responsável pela linda enfiada de bola para Hyuri, que saiu cara a cara com Villar e fez o terceiro gol.

 

 


“É a força do grupo como o professor diz. Quem não puder jogar, como foi o Robinho, o Patric entrou e fez o gol, o Hyuri também. O Giovanni fez uma partida espetacular. O campeonato não se ganha só com 11 jogadores”, destacou.
“É bom você ganhar jogando bem. Foi uma partida impecável, pressionamos o tempo todo, demos poucas chances para o adversário marcar. A equipe está de parabéns pelo empenho e pela força que demonstramos”, completou.
Com a vitória, o Atlético recuperou a liderança do Grupo 5, com dez pontos, três a mais do que o Independiente del Valle-EQU, novo vice-líder. O Colo-Colo caiu para terceiro com cinco. O Melgar-PER, já eliminado, não pontuou.
Agora, o Atlético precisa apenas de um empate contra o Del Valle, fora de casa, na próxima rodada para garantir matematicamente a vaga para as oitavas de final da Libertadores.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.