quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2014 04:15h Atualizado em 13 de Fevereiro de 2014 às 04:18h.

Galo estreia com Vitória na Libertadores

A vitória por 1 a 0 contra o Zamora, nessa terça-feira, na Venezuela, pela fase de grupos da Copa Libertadores da América, encerrou um jejum de quase cinco meses sem resultados positivos do Atlético fora de casa

A vitória por 1 a 0 contra o Zamora, nessa terça-feira, na Venezuela, pela fase de grupos da Copa Libertadores da América, encerrou um jejum de quase cinco meses sem resultados positivos do Atlético fora de casa – o último havia acontecido no dia 15 de setembro, diante do Grêmio, em Porto Alegre, pelo Brasileirão.
Apesar da fraca atuação da equipe, o resultado foi comemorado pelo técnico Paulo Autuori, já que deixa o Galo na liderança do grupo 4, ao lado do Independiente Santa Fé, ambos com três pontos. Para o treinador, o clube precisa deixar para trás os tropeços acumulados na temporada passada e criar uma mentalidade vencedora também como visitante.   “Não posso deixar de me lembrar que na fase de grupos do ano passado o Atlético também ganhou todos os jogos, por isso foi o primeiro lugar geral. Depois, no Brasileiro, as coisas aconteceram daquela maneira. Mas é uma situação que a gente quer mudar, fazer o que se faz dentro de casa não só lá, mas fora. Para isso, esse espírito é fundamental”, analisou.
Sobre a partida em si, Autuori reconhece que deixou a desejar, muito em função do pouco tempo de preparação do clube. “Faltou profundidade no primeiro tempo. Tem a ver com a falta de mobilidade que a gente ainda tem. É normal. Perfeitamente normal, pelo tempo de trabalho. E não é só com a gente”, disse o técnico, que também lamentou a falta de jogadas pelos lados do campo. “É chegar na última parte do campo pelos lados. Temos jogadores para isso. Fernandinho e Tardelli. Faltou um pouco isso. Mas tenho certeza que tem a ver com a mobilidade. Eles querem trabalhar para a equipe, no espírito da Libertadores. Eles falaram isso”, analisou Paulo Autuori.
O craque Ronaldinho Gaúcho ressaltou a alegria pela estreia positiva. “Foi tudo ótimo, poder voltar a jogar e estrear com vitória. Foi só o primeiro jogo e, agora, é pegar uma sequência boa para voltar a ter boas atuações. O torcedor tem que acreditar. Com o apoio da torcida, nossa equipe se torna muito forte. Então, tem que estar todo mundo junto. Nós acreditamos e tenho certeza que o torcedor também”, disse o craque alvinegro.
O técnico Paulo Autuori comentou a atuação de Ronaldinho. “Ele estava há algum tempo sem jogar. Foi o primeiro jogo dele no ano, já com essa viagem e pouco tempo de trabalho. Mas se posicionou bem, principalmente quando a equipe estava sem a bola. O sacrifício foi muito grande e temos que ressaltar”, analisou o treinador.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.