terça-feira, 24 de Novembro de 2015 10:34h

Galo fica em um empate indigesto

O inesperado empate por 2 a 2 contra o Goiás, neste domingo, irritou não só os torcedores que compareceram ao Independência, mas também os jogadores atleticanos

O resultado impediu que o Galo assegurasse o segundo lugar do Campeonato Brasileiro de forma antecipada.
Para o atacante Luan, o time caiu de produção na segunda metade da competição, principalmente a partir do momento em que o Corinthians abriu uma vantagem irreversível na tabela do Brasileiro, e ainda não conseguiu se recuperar. “Acho que a gente deu uma relaxada, isso dá para ver. O time não vem apresentando aquele belo futebol do começo do campeonato e disputar jogos com equipes que estão brigando contra o rebaixamento é difícil também”, analisou o meia-atacante.
O goleiro Victor, por sua vez, acha que o time acabou se enervando com os erros apresentados durante o jogo, o que facilitou o trabalho do adversário. “Tivemos chances de ganhar, mas hoje as coisas não deram certo. O Goiás acabou achando dois gols e a gente, talvez com um pouco de ansiedade, um pouco de nervosismo, acabou errando além daquilo que a gente normalmente erra”, disse o camisa 1.
O Atlético volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta o Grêmio – rival direto pelo vice – em Porto Alegre. Para assegurar o objetivo, o time de Levir Culpi precisa apenas de um empate. Caso seja derrotado, terá que vencer a Chapecoense, no Horto, no encerramento da competição.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.