terça-feira, 25 de Outubro de 2011 13:43h Luciano Eurides

Galo inicia a reação

Uma vitória que pode simbolizar a reação do Atlético no Campeonato Brasileiro. Foi dessa forma que o técnico Cuca descreveu o importante triunfo por 2 a 0 sobre o Fluminense, neste sábado, no Rio de Janeiro.


Para o treinador os jogadores estão querendo, reagindo. “Isso que a gente espera deles. Vamos ver lá, que no próximo final de semana a torcida toda esteja presente porque foi uma vitória marcante. Hoje foi uma vitória que eu acho que pode ser o nosso marco. Domingo vai ter campo cheio”, disse o treinador, referindo-se ao jogo contra o Palmeiras, no próximo domingo, na Arena do Jacaré.


Cuca elogiou o empenho da equipe na marcação e a eficiência na conclusão das jogadas no primeiro tempo.“Fomos humildes no jogo, nos propusemos a marcar e, bem marcado, o Fluminense e eficazes nas chances que teríamos. A equipe foi perfeita no ímpeto de marcar o adversário e em aproveitar as oportunidades. Fizemos uma partida muito boa e merecemos vencer”, comentou.


Cuca concluiu destacando que a atuação deste sábado foi muito superior em relação à do último final de semana. “A nossa atitude foi outra. Era um jogo contra um time que vive um momento mágico, um time que está lutando para ser campeão. Então, se você não fizer esse tipo de jogo, na casa do adversário, com o campo cheio, você vai ser surpreendido”.


O zagueiro Réver ressalta que o Galo mostrou frente a um candidato ao título que pode ‘queimar a língua’ de quem não acredita que o time vai escapar. “Mais uma vez, o futebol mostrou que nem sempre a melhor equipe na competição vence a considerada uma das piores equipes. Tanto é que no jogo contra o Vasco, a equipe do Atlético era um sério candidato ao rebaixamento”, disse Réver. “Para muitos que andam falando mal da gente, acho bom repensar, rever seus conceitos e ver o que vai falar antes de queimar a língua. Espero que a gente consiga queimar a língua das pessoas que falam mal do nosso trabalho”, acrescentou.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.