terça-feira, 30 de Outubro de 2012 05:23h Gazeta do Oeste

Galo mantém foco no título, mas garante Libertadores com vitória quarta-feira

Falta pouco para o Atlético cravar o seu retorno à Copa Libertadores. Uma vitória quarta-feira, no Independência, garante ao clube a conquista do seu objetivo inicial dentro do Campeonato Brasileiro.

Chegando aos 66 pontos, o Galo não poderá mais ser alcançado pelo atual quinto colocado, Internacional, que soma 51. Caso os dois clubes terminassem a competição com 66, o Alvinegro levaria vantagem no número de vitórias.

Grêmio e São Paulo, atuais terceiro e quarto colocados, são os únicos clubes brasileiros na Copa Sul-Americana. Caso um deles vença, o G-4 do Brasileirão vira G-3. Mas não haverá como o Atlético perder a sua vaga na Libertadores.

“É um grande ano para o Atlético. Esse feito de voltar a disputar a Libertadores só vem a engrandecer a imagem do clube”, comenta o lateral Marcos Rocha.

O Atlético ainda terá o desafio de, pelo menos, ficar em segundo lugar no fim do Nacional. Desta forma, já garante o seu lugar na fase de grupos da Libertadores, em 2013.

“Voltar para a Libertadores depois de tantos anos é dar um presente para essa torcida maravilhosa”, afirma o atacante Jô.

De toda forma, o objetivo principal, hoje, na Cidade do Galo, é maior. Ultrapassar o Fluminense e garantir o título Brasileiro é a meta.

“Era um dos nossos objetivos, no começo do ano, estar entre os quatro primeiros, lutando pela Libertadores. Mas, graças a Deus, as coisas aconteceram diferentes. Pudemos brigar pelo título e até agora a gente não desacreditou disso. A gente tem condição. Claro que depende do adversário ter resultados negativos, mas podemos conseguir”, afirma Marcos Rocha.

Segundo o departamento de matemática da UFMG, o Galo tem 99,92% de chance de se classificar para a Libertadores de 2013.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.