quarta-feira, 15 de Abril de 2015 11:23h

Galo no México para enfrentar o Atlas e fugir da polêmica semifinal do Mineiro

Já em solo mexicano, o elenco alvinegro treinou na noite desta segunda-feira. As atividades deram início à preparação para o jogo contra o Atlas, pela 5ª rodada do Grupo 1 da Copa Libertadores da América. O jogo de hoje

Os atletas que atuaram no clássico do último domingo fizeram trabalho regenerativo no hotel e os demais treinaram no Clube Colomus. O lateral-direito Marcos Rocha e o atacante Carlos, com dores no tornozelo direito, e o zagueiro Leonardo Silva, com dores na coxa, ficaram em tratamento no hotel.  Os jogadores voltam a treinar na noite desta terça-feira, às 21h (hora de Brasília), no Estádio Jalisco, palco do jogo.
O Atlético já atuou três vezes no Estádio Jalisco, a primeira vez foi em 23 de julho de 1972, em amistoso contra a Seleção Mexicana, que terminou com empate sem gols. No jogo seguinte, em 26 de julho de 1972, empate por 1 a 1 com o Colônia, da Alemanha, também em partida amistosa, na terceira oportunidade, em 19 de agosto de 1995, o Galo e Chivas Guadalajara se enfrentaram em amistoso que terminou empatado com o placar de 3 a 3.
Terceiro maior estádio do México, perdendo apenas para o Estádio Azteca e o Estádio Olímpico Universitário, o El Jalisco foi inaugurado em 20 de novembro de 1952, tem capacidade para 63.163 torcedores e é famoso no Brasil por ter abrigado cinco dos seis jogos da Seleção Brasileira na campanha do Tricampeonato Mundial, em 1970.
A polêmica envolvendo a data da segunda partida semifinal do Campeonato Mineiro, entre Cruzeiro e Atlético, ganhou um novo capítulo nesta terça-feira. Um dia depois da Federação Mineira de Futebol (FMF) confirmar o clássico para este domingo – fato que revoltou os dirigentes celestes – a Rede Globo, emissora detentora dos direitos de transmissão da competição, divulgou uma nota oficial sinalizando com a possibilidade de o jogo ser remarcado para sábado.
Para isso, as três partes interessadas – Cruzeiro, Atlético e FMF – teriam de chegar a um consenso sobre o assunto. O problema é que, diferentemente da federação e do time celeste, o Galo mantém firme sua posição inicial de entrar em campo apenas no domingo, conforme definido inicialmente nesta segunda.  “Para nossa equipe é isso, está bem claro. A nota da federação (FMF) foi muito clara e o Atlético se posicionou desde domingo para jogar neste próximo domingo, às quatro da tarde”, disse o presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, no México.
Questionado sobre a possibilidade de aceitar a antecipação da partida, Nepomuceno foi muito enfático. “Não (aceitaria). A gente trabalha muito para proteger o Atlético, a gente está aqui para isso e entendemos que jogar domingo para o Atlético é melhor”, decretou o mandatário alvinegro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.