terça-feira, 11 de Outubro de 2011 18:43h Atualizado em 12 de Outubro de 2011 às 09:18h. Luciano Eurides

Galo precisa vencer os grandes do Brasileirão

O atacante André tem motivação especial para enfrentar o Santos às 20h30 desta quinta-feira, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O confronto será válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esta será a primeira vez que ele enfrenta o ex-clube

 

 

O jogador espera deixar a sua marca diante do time que o revelou e ajudar o Galo a conquistar os três pontos. “É diferente. Vai ser a primeira vez que jogo contra o Santos, clube que é especial para mim, jogadores que convivi por muito tempo. Espero jogar bem e fazer gols, vamos ver como vai ser”, disse André, que destaca a importância da partida. “O jogo se tornou mais importante ainda pelos dois resultados que não foram o que a gente esperava, contra o Ceará e América. Então, sem dúvida, esse jogo contra o Santos se tornou mais importante e é contra um adversário que conheço bem. Praticamente todo mundo ali estava na época que eu estava lá”, comentou. “É um adversário que conheço bem, um time perigoso, mas a gente tem que jogar de igual para igual e tentar a vitória”, concluiu o atacante.

 

A péssima campanha do Atlético neste Campeonato Brasileiro pode ser compreendida quando se olha a tabela e vê que os resultados positivos não acontecem no confrontos contra aqueles que são chamados clubes grandes.

 

 

Até o momento, o Galo só conseguiu vencer o Fluminense na competição nacional, pelo placar apertado de 1 a 0, no Ipatingão. Fora isso, o máximo que conseguiu foi arrancar alguns empates que não ajudam a mudar o panorama.

 

Os outros seis triunfos do time alvinegro no Brasileirão aconteceram diante de equipes que, com todo o respeito, não estão no mesmo nível de tradição das principais potências. Foram duas vitórias contra o Atlético-PR, duas contra o Avaí, uma contra o Bahia e uma no clássico local contra o América.

 

 

Esse quadro retratado preocupa e muito os torcedores atleticanos, já que haverá uma sequência pesada na reta final do campeonato. Dos dez confrontos a serem disputados, nada menos do que oito serão contra o grupo de times que o Atlético não tem se dado bem.

 

O primeiro desafio já acontecerá nesta quinta-feira à noite, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O adversário será o Santos, que apesar de toda a tradição, não vem bem na competição, muito em função dos preparativos para o Mundial de Clubes, que acontece em dezembro.

 

 

Apesar do aparente relaxamento do Peixe no Brasileirão, os jogadores atleticanos sabem que não será um compromisso fácil e que a vitória será fundamental na luta contra o rebaixamento. Se o Galo quiser reagir, não existe momento mais importante e diante de um clube grande. “Temos de continuar trabalhando, cada um fazendo sua parte e sair vitorioso na quinta-feira contra o Santos. Sabemos que a cada rodada a nossa situação está ficando mais complicada, mas não podemos perder a confiança em nós mesmos. Temos de entrar em campo para vencer, porque o momento está delicado. Precisamos muito do resultado positivo”, disse o zagueiro Werley.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.