terça-feira, 7 de Abril de 2015 11:10h

Galo preocupado com futuro da equipe

Os jogadores do Atlético não esconderam a preocupação após a péssima exibição e a derrota por 2 a 0 para o Boa Esporte, neste domingo, em Varginha, pela última rodada do Campeonato Mineiro

Restando quatro dias para o decisivo duelo contra o Santa Fe, no Independência, pela Libertadores, o goleiro Victor sabe que outra atuação como a deste domingo pode praticamente selar a eliminação do Galo no torneio continental. “Se entrarmos assim, a gente não chega a lugar nenhum. A gente tem que melhorar o nosso nível de concentração e nosso nível de competitividade. Temos que tirar lições de hoje. Erramos o que poderíamos errar, claro que nosso objetivo era a vitória, até para buscar uma melhor colocação na classificação, mas a partir de hoje a gente não pode mais cometer os mesmos erros”, analisou o camisa 1.
Segundo Victor, a falta de interesse mostrada pelos jogadores atleticanos foi determinante para o revés em Varginha. “Não encaixou porque o Boa teve mais interesse no jogo que a gente. O Boa jogou a vida e gente jogou apenas um jogo. Então, eles mereceram pela seriedade que encararam a partida”, disse.
Sobre o precoce duelo contra o Cruzeiro nas semifinais do Estadual, o arqueiro mostrou tranquilidade e afirmou que o mais importante neste momento é a equipe conseguir minimizar os erros. “Vamos embora. A gente não pode escolher adversário, não pode escolher local. Agora é procurar trabalhar, procurar corrigir nossos erros, evoluir, porque a gente entra num período decisivo e não podemos mais errar”, concluiu.
O time juvenil do Atlético empatou por 2 a 2 com o Flamengo, neste sábado, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Brasil Sub-17. Vinícius e Marco Túlio marcaram para o Alvinegro. A partida de volta será às 15h da próxima quarta-feira, na Gávea, no Rio de Janeiro. Os times selecionados para disputar o torneio foram os 20 do Campeonato Brasileiro de 2014 e os 12 melhores do Campeonato Brasileiro da Série B de 2014.
A Copa Brasil Sub-17 apresenta sistema de mata-mata, com jogos de ida e volta. Na primeira fase, quem ganhar o duelo de ida por dois gols de diferença elimina o jogo de volta.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.