sexta-feira, 5 de Abril de 2013 09:23h Atualizado em 5 de Abril de 2013 às 09:59h. Luciano Eurides

Galo segue 100% na Libertadores

A partida foi válida pela 5ª rodada do Grupo 3 da Copa Bridgestone Libertadores da América.

A Massa Atleticana viveu mais uma noite de festa na última quarta-feira (03), na Arena Independência, com a goleada por 5 a 2 sobre o Arsenal, mesmo resultado da vitória do Galo em Sarandi, pela 2ª rodada. A partida foi válida pela 5ª rodada do Grupo 3 da Copa Bridgestone Libertadores da América.
Os gols alvinegros foram marcados por Ronaldinho (2), Diego Tardelli, Luan e Alecsandro. Dario Benedetto e Diego Braghieri descontaram para a equipe argentina. Com o 5º triunfo consecutivo no torneio, o Atlético disparou ainda mais na liderança do Grupo 3, com 15 pontos, e se manteve com 100% de aproveitamento na competição.
Na próxima rodada, a última da 1ª fase, o adversário será o São Paulo, dia 17 de Abril, no Morumbi. O próximo desafio do Galo é pelo Campeonato Mineiro, domingo (07), contra o Boa Esporte, novamente na Arena Independência. Agora, o Atlético está invicto como mandante a 43 jogos, ou um ano e sete meses.
O técnico Cuca considerou que a atuação do Atlético na goleada por 5 a 2 sobre o Arsenal teve maior destaque no segundo tempo da partida, que foi válida pela 5ª rodada do Grupo 3 da copa Bridgestone Libertadores.
O jogo foi disputado na noite da última quarta-feira, na Arena Independência. “Era decisão para o Arsenal e a gente sabia que seria mais difícil do que lá porque, aqui, eles se preocupam em catimbar. Mas a falta de pulso da arbitragem contribuiu para tudo isso. No segundo tempo, entendemos que não era para entrar no jogo deles, jogamos bem e envolvemos a equipe deles. Fizemos gols bonitos e merecemos a vitória”, comentou o treinador.
Sobre o desempenho do atacante Luan, que substituiu Bernard, Cuca aposta na evolução do jogador. “Ele jogou bem. No primeiro tempo, ficou nervoso com o marcador, mas pedimos calma a ele. No segundo tempo, recuperou a bola, tocou e finalizou para fazer o gol. Agora, a tendência é que evolua mais”, concluiu Cuca.

 

TUMULTO


Sete jogadores do Arsenal-ARG foram autuados na madrugada dessa quinta-feira (04) pela confusão após a partida contra o Atlético-MG, no Independência. Ao todo, os atletas tiveram que pagar R$ 38 mil por desacato e lesão corporal. Como o clube argentino não tinha a quantia no momento, o Atlético-MG fez um empréstimo à equipe adversária.
Dos R$ 38 mil, R$ 26 mil serão doados a cinco instituições filantrópicas. Outros R$ 4 mil serão destinados a um jornalista agredido, enquanto os R$ 8 mil restantes irão para dois policiais envolvidos na confusão. A decisão foi tomada ainda no Independência, pela juíza Patrícia Froes, de plantão no momento da confusão.

Os jogadores que arcaram com a punição foram Jorge Ortiz, Damian Perez, Hugo Nervo, Milton Celiz, Ivan Marcone, Dario Benedetto, Nicolas Aguirre e Lisandro Dessypris. Todos eles já foram liberados para voltar normalmente a Argentina. Além disso, poderão retornar ao Brasil normalmente para a disputa de novas partidas.
A briga teve início logo que o árbitro Enrique Caceres apitou o final do jogo. Os jogadores do Arsenal foram imediatamente para cima do juiz, protegido pelos policiais. Nesse momento, os dois lados começaram a se agredir mutuamente, e os atletas acabaram recuando para o vestiário, onde atiraram cadeiras e outros objetos em direção aos policiais que estavam no local. Alguns profissionais da imprensa que acompanhavam o caso também acabaram feridos.


BOA


Pela nona rodada do Campeonato Mineiro, o Boa Esporte terá pela frente a sensação do futebol brasileiro, o Atlético-MG. Se vencer, a equipe de Varginha pode se aproximar do G4.
Contratado nesta temporada, o atacante Betinho, reconhecido por ajudar suas equipes em jogos “grandes”, comentou a motivação dos atletas antes de uma partida deste porte.  “Um jogo assim traz uma motivação extra para todos os atletas, atrai diversos olhares e isso é bom para o jogador de futebol. Em jogos grandes, todo mundo quer se superar e há uma entrega de 110% em campo”, disse.
No seu terceiro jogo com a camisa do Boa, o atacante balançou as redes e ajudou a equipe a vencer o Araxá por 1 a 0.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.