sexta-feira, 19 de Outubro de 2012 10:17h Gazeta do Oeste

Galo segue com dificuldades de vencer fora de casa

A última vitória do Galo aconteceu no dia 21 de julho, contra o Sport na Ilha do Retiro. Na ocasião, o Galo venceu por 4 x 1, com gols de Danilinho, Ronaldinho Gaúcho, Jô e Bernard. O gol do Sport foi marcado por Gilberto.

Atlético fez a melhor campanha da história do turno do Campeonato Brasileiro em 2012. No entanto, nesse segundo turno, a equipe caiu muito, tanto que perdeu a liderança para o Fluminense e hoje é segundo colocado do campeonato, há nove pontos do líder.

 


A última vitória do Galo aconteceu no dia 21 de julho, contra o Sport na Ilha do Retiro. Na ocasião, o Galo venceu por 4 x 1, com gols de Danilinho, Ronaldinho Gaúcho, Jô e Bernard. O gol do Sport foi marcado por Gilberto.

 


Na ocasião, o Galo manteve-se na liderança, dois pontos a frente do Vasco, vice-líder. O time chegou aos 28 pontos. No entanto, desde então, a equipe, como visitante, jogou 10 partidas, com seis empates e quatro derrotas.

 


O técnico Cuca lamentou os gols sofridos pelo Atlético no começo do jogo contra o Santos, na Vila Belmiro, nesta quarta-feira. Segundo o treinador alvinegro, o planejamento da equipe ficou prejudicado com os gols no inicio da partida. O comandante atleticano ainda apontou o fato de o Galo ter terminado o duelo com um jogador a menos, como dificultador para a vitória mineira. “Você ficar com jogador a menos é tudo que não poderia acontecer e aconteceu bem no momento que eu tinha feito a terceira troca. Com 11 contra 10, o Santos no finalzinho foi melhor”, disse Cuca, quer perdeu Bernard, lesionado, após fazer a terceira alteração no jogo.

 


O treinador ainda lamentou as bobeadas da equipe nos primeiros minutos. “A gente mobiliza para fazer uma decisão, entra em campo, e com 20 segundos já está um zero, sem bater na bola, é a mesma coisa de você já entrar perdendo. Com dez minutos tomar o segundo o gol, a gente saber que o Neymar é diferenciado, e aí invertemos o que tínhamos planejado, com o Serginho pela direita e com o terceiro zagueiro, aí melhorou”, comentou.

 


Cuca enxergou o Atlético dominando a partida no segundo tempo, até perder Bernard, e avaliou o placar de 2 a 2 como justo pela produção de Galo e Peixe. “No segundo tempo começamos melhor, tomamos conta do jogo, perdemos um gol com o Richarlyson, outro com o Leonardo, e o Santos deu sufoco no final com as bolas paradas e com uma chance do Neymar. No geral o placar foi justo pelo que as equipes fizeram”, analisou.

 


O treinamento do Atlético na tarde desta sexta-feira será realizado às 16h, com a entrada da imprensa sendo liberada às 16h30. A atividade marcará o início da preparação para o jogo contra o Fluminense, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida acontecerá às 16h deste domingo, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O confronto terá arbitragem de Jaílson Macedo de Freitas (BA), auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva-(Fifa-GO) e Kleber Lúcio Gil (Asp. Fifa-SC).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.