sexta-feira, 29 de Agosto de 2014 05:20h Atualizado em 29 de Agosto de 2014 às 05:22h.

Galo vai com força máxima contra o Coritiba

Depois de conseguir uma importante vitória sobre o Palmeiras pela Copa do Brasil, por 1 a 0, no Pacaembu, o Atlético se concentra agora para voltar a vencer como visitante no Campeonato Brasileiro.

O Coritiba será o adversário deste domingo, às 16h, no Couto Pereira, em partida válida pela 17ª rodada do Brasileirão.
O técnico, Levir Culpi, descarta priorizar a Copa do Brasil e vai escalar força máxima diante do Coxa. “Estamos buscando os dois campeonatos. Não penso em poupar jogadores. Espero que os que estão lesionados voltem o mais rápido porque o calendário é muito complicado”, disse o treinador, referindo-se aos volantes Pierre e Leandro Dozinete, ao meia Guilherme e ao lateral Marcos Rocha. O zagueiro, Réver, outro contundido, deve ser liberado somente no final do ano.
O Atlético não vence uma partida fora de casa há mais de três meses. O último triunfo foi conquistado no dia 22 de maio, sobre o Vitória, por 3 a 2, em Salvador. O fraco desempenho como visitante na competição atrapalha o time na luta pelo G-4.
Além dos desfalques por contusão, Levir tem as baixas certas de Dátolo e Luan. Eles vão cumprir suspensão automática em razão do terceiro cartão amarelo.

 

 

 

Adversários motivados
O Coritiba é mais um time que luta contra o rebaixamento a cruzar o caminho do Atlético. Os últimos dois confrontos fora de casa foram diante de Figueirense (2 a 2) e Flamengo (derrota por 2 a 1) e o time conseguiu apenas um ponto. O Coxa chega motivado pela vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo pela Copa do Brasil e, principalmente, em razão da chegada do novo treinador, Marquinhos Santos.
Levir lembra que as dificuldades são comuns no caminho do Atlético. “As coisas acontecem assim. O Figueirense tinha vencido a Chapecoense, aí fomos pegar o Flamengo que estava de volta ao Maracanã e precisava vencer. Então sempre tem um fator complicado, o centenário do Palmeiras. Agora é o Coritiba, que trocou o técnico e venceu o Flamengo”, argumentou.
O treinador esperava um jogo bastante disputado no Paraná. “Nós vamos ter problemas lá, mas uma coisa eu te garanto, nós vamos criar situações para vencer também”, prevê.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.