segunda-feira, 20 de Junho de 2016 14:41h Site oficial Atlético Mineiro

Galo vence a Ponte Preta por 3 a 0 e reage no Brasileirão

O Atlético reagiu no Campeonato Brasileiro ao vencer a Ponte Preta por 3 a 0, na manhã deste domingo, na Arena Independência, em Belo Horizonte

Os gols foram de Leandro Donizete, Juan Cazares e Carlos. Com o triunfo sobre a equipe de Campinas, o Galo chegou a dez pontos e subiu para o 13º lugar na tabela de classificação.

Na próxima rodada, quarta-feira, o adversário será o Corinthians, às 21h45, no Mineirão. Em seguida, o Atlético terá mais dois jogos seguidos em Belo Horizonte, contra América (mandante) e Botafogo.

 

 

 

O JOGO

O Atlético fez a sua primeira tentativa em cobrança de falta da intermediária. No lance, Marcos Rocha levantou a bola na área e Fred desviou de cabeça, para fora.

Aos seis minutos, Robinho cruzou pela esquerda, Fred ajeitou a bola de cabeça e a defesa da Ponte conseguiu afastar o perigo.

Leandro Donizete exigiu boa defesa do goleiro João Carlos, aos 12 minutos, em chute de fora da área. O Galo pressionava e Robinho sofreu pênalti de Jeferson aos 14 minutos, e a arbitragem mandou seguir a jogada.

 

 

 

 

Em outra boa chance atleticana, aos 16, Cazares foi à linha de fundo pela esquerda e o goleiro conseguiu interceptar o cruzamento do equatoriano.

Aos 20 minutos, Douglas Santos recebeu bom passe de Robinho pela esquerda e cruzou, a bola desviou no zagueiro e quase entrou no gol, mas acabou saindo rente ao travessão.

Clayton sofreu falta pela direita, Marcos Rocha fez a cobrança para a área e Leonardo Silva tentou de cabeça, mas a bola foi desviada pel defesa campineira.

O Atlético abriu o placar aos 23 minutos, em chute de longa distância de Leandro Donizete, que contou com falha do goleiro: Galo 1 x 0.

 

 

 

Victor fez boa defesa na conclusão de Clayson. Em seguida, Clayton recebeu ótimo passe de Cazares, invadiu a área pela direita e chutou forte para a boa defesa de João Carlos.

O segundo gol veio aos 27 minutos, quando Marcos Rocha fez boa antecipação no meio-campo, avançou pela direita e cruzou na entrada da área para Cazares tirar o zagueiro e chutar colocado no ângulo: Galo 2 x 0.

 

 

 

 

Robinho recebeu na grande área pela direita, aos 30 minutos, e tentou a finalização, mas foi travado pelo zagueiro.

Aos 34, Douglas Santos cruzou pela esquerda e Júnior Urso concluiu para a defesa de João Carlos.

Robinho recebeu grande passe de Fred, aos 36 minutos, e mandou a bola para a rede, mas a arbitragem assinalou impedimento duvidoso do atacante atleticano.

 

 

 

SEGUNDO TEMPO

O Galo voltou do intervalo com a mesma formação e teve logo falta perigosa pela direita, sofrida por Marcos Rocha. Cazares fez a cobrança, Leonardo Silva ajeitou de cabeça e Fred cabeceou por cima do gol.

Aos seis minutos, Clayton recebeu de Robinho pela esquerda, cruzou para Fred na pequena área e o goleiro conseguiu se antecipar e fazer a defesa.

Em seguida, Clayton recebeu de Cazares na grande área pela direita, driblou seu marcador e finalizou para a defesa de João Carlos. Em novo ataque pela direita, Clayton tentou passe para Fred, mas a defesa da Ponte cortou a jogada.

 

 

 

Cazares recebeu passe de Robinho pela esquerda, cruzou para Fred e o zagueiro conseguiu afastar o perigo. Aos 17, Clayton foi travado em nova tentativa de arremate da entrada da área.

Aos 19 minutos, Cazares cruzou pela direita e Leonardo Silva cabeceou sobre o gol. Cinco minutos depois, Robinho cruzou pela direita e Erazo cabeceou para fora.

Fred deu grande passe para Clayton, aos 36 minutos, e o goleiro da Ponte salvou o que seria o terceiro gol atleticano. Logo depois, Clayton foi substituído por Carlos.

 

 

 

Aos 39, Carlos recebeu grande passe de Leandro Donizete e tocou na saída do goleiro para fazer Galo 3 x 0.

Depois do gol, Cazares foi substituído por Patric, que logo recebeu passe de Marcos Rocha na área e chutou com perigo para fora.

Já nos acréscimos, Fred tentou finalização da entrada da área e foi travado pelo zagueiro.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.