terça-feira, 26 de Março de 2013 06:04h Luciano Eurides

Galo vence o Nacional em Patos de Minas

Os gols alvinegros foram marcados por Guilherme, Bernard e Alecsandro, com Caleb descontando para a equipe de Nova Serrana.

O Atlético alcançou a 10ª vitória consecutiva na temporada ao derrotar o Nacional por 3 a 1, no último domingo (24), no estádio Bernardo R. Queiroz, em Patos de Minas. A partida foi válida pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro. Os gols alvinegros foram marcados por Guilherme, Bernard e Alecsandro, com Caleb descontando para a equipe de Nova Serrana.
Dono do ataque mais positivo da competição, com 19 gols, o Galo segue na vice-liderança do Estadual, com 18 pontos, apenas um a menos que o primeiro colocado. Na próxima rodada, o adversário será o Tupi, domingo (31), no Independência.
O atacante Alecsandro deixou o gramado do estádio Bernardo Queiroz, em Patos de Minas, bastante emocionado. Como se não bastasse o primeiro jogo inteiro ao lado do irmão Richarlyson, ele ainda marcou o terceiro gol da vitória atleticana. Na comemoração, o atacante usou uma chupeta, em referência ao nascimento de seu segundo filho. “É amanhã. Já é o segundo filho. No primeiro, eu estava no Vitória, fiz um gol e comemorei com chupeta. Então, estou muito feliz. O Nicholas vem vindo aí, que venha com saúde e paz. Tive que comemorar com a chupeta também para não ter briga”, comentou Alecsandro, que escolheu a data do nascimento de Nicholas. “Foi escolha minha. Poderia ser entre os dias 25 e 28, aí falei com a minha esposa que teria folga no dia 25. A médica dela é atleticana, disse que teria festa do Galo e então eu disse para ela segurar de manhã e ir a festa só à noite. Falei para a minha esposa que, pela grandeza que o Atlético tem, ele nasceria com uma grande história e em um grande dia”, disse o atacante.
Para o treinador Cuca a equipe de Nova Serrana valorizou bastante o triunfo atleticano. “O Nacional é uma equipe certinha, organizada e muito bem preparada fisicamente porque correu muito, mesmo com um homem a menos. Tivemos que ter paciência e acabamos conseguindo o segundo gol em uma dessas infiltradas e o terceiro no finalzinho, mas foi um jogo perigoso até o final”, avaliou o treinador.
Cuca afirmou que, agora, com uma semana de trabalho pela frente, antes do jogo contra o Tupi, poderá trabalhar melhor o elenco. “Agora, vai dar para equilibrar o time mais uma vez. Teremos uma semana boa para mesclar repouso e treinamento, aí, domingo (31), teremos o grupo mais equilibrado”, ressaltou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.