sábado, 6 de Setembro de 2014 05:30h

Galo vence o Palmeiras e quer embalar diante do Botafogo

A tranquila vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, nessa quinta-feira, que garantiu o Atlético nas quartas de final da Copa do Brasil, não foi comemorada apenas pelos quase 20 mil torcedores que encheram o Independência.

O técnico, Levir Culpi, também gostou muito da postura da equipe, que partiu para cima do adversário apesar da vantagem construída na partida de ida.
Para o treinador, mais uma vez houve uma forte sintonia entre jogadores e torcida, que acabou resultando numa equipe aguerrida e muito envolvida na partida. “Fiquei muito feliz com a atitude dos jogadores. Eles tiveram atitude. Com a presença do torcedor também, saímos de campo com o sentimento de dever cumprido. Foi muito legal”, enalteceu.
Levir também acredita que o jogo veloz e objetivo mostrado pelo Galo contra os paulistas vai exatamente de encontro ao que espera o torcedor alvinegro. “O Atlético jamais vai ser um time cadenciado, com um jogo mais acadêmico, aquele toque de bola. O Atlético tem que ser um time rápido e objetivo, agora, as duas coisas podem funcionar. Mas pelo estilo da própria torcida do Atlético acho que um jogo rápido e ofensivo é a melhor solução”, analisou.
Ainda de acordo com o técnico, o Atlético precisa manter o embalo de vitórias no Independência neste domingo, contra o Botafogo, para encerrar a primeira metade do Brasileirão em boas condições se seguir lutando por uma vaga no G4. “Gostaria de lembrar que antes disso [ do duelo contra o Corinthians] vem o Botafogo no domingo. Aí é Campeonato Brasileiro e é o último jogo do primeiro turno. Então, gostaria de contar com a torcida para nós termos mais um grande jogo aqui e virarmos o primeiro turno em ótimas condições, pensando nos primeiros colocados”, disse Levir Culpi.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.