quinta-feira, 19 de Maio de 2016 08:50h Atualizado em 19 de Maio de 2016 às 08:53h. Site oficial Atlético Mineiro

Galo vence o São Paulo, mas deixa a Libertadores

Em grande jogo na Arena Independência, em Belo Horizonte, o Atlético venceu o São Paulo por 2 a 1, mas deixou a Copa Libertadores da América pelo critério do gol qualificado fora de casa

Em grande jogo na Arena Independência, em Belo Horizonte, o Atlético venceu o São Paulo por 2 a 1, mas deixou a Copa Libertadores da América pelo critério do gol qualificado fora de casa.

No jogo de ida, no Morumbi, o time paulista venceu por 1 a 0.

Juan Cazáres e Carlos marcaram os gols alvinegros e Maicon descontou para a equipe são-paulina.

Esta foi a 4ª Libertadores consecutiva disputada pelo Atlético, que volta a campo às 11h deste domingo (22/5) para enfrentar o Atlético-PR, em Curitiba, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na estreia,  o Galo venceu o Santos por 1 a 0, no Horto.

 

 

 

PRIMEIRO TEMPO

A partida teve um início eletrizante, com o Atlético abrindo placar logo aos quatro minutos, com Juan Cazáres. No lance, o equatoriano aproveitou rebote do goleiro em chute cruzado de Marcos Rocha e tocou para a rede: Galo 1 x 0.

Sete minutos depois, Douglas Santos recebeu lançamento de Leandro Donizete e cruzou para o cabeceio certeiro de Carlos: Galo 2 x 0.

O São Paulo diminuiu aos 14 minutos, com o zagueiro Maicon, de cabeça, após cobrança de escanteio: Galo 2 x 1.

 

 

 

O Atlético tentou ampliar no escanteio cobrado por Cazáres, mas a bola atravessou a pequena área após desvio de cabeça de Carlos.

A pressão atleticana continuou e Lucas Pratto cabeceou na trave aos 22 minutos, depois de jogada ensaiada em cobrança de falta.

No ataque seguinte, Cazáres fez boa jogada na entrada da área pela direita e foi travado na hora da conclusão. A bola ainda ficou viva na grande área até que a defesa paulista afastou o perigo. No lance, Leonardo Silva foi derrubado na grande área e ficou pedindo pênalti não marcado pela arbitragem.

Cazáres sofreu falta perto da área aos 29 minutos, ele mesmo fez a cobrança e a bola pegou na barreira. Na sequência da jogada, Erazo finalizou da entrada da área e a bola explodiu no zagueiro são-paulino.

Aos 43, Carlos recebeu cruzamento na pequena área e quase marcou, mas a defesa paulista conseguiu mandar para escanteio.O São Paulo ameaçou no cabeceio de Rodrigo Caio, na trave, no último lance da etapa inicial.

 

 

 

 

No SEGUNDO TEMPO, o Galo veio com Carlos Eduardo no lugar de Carlos e levou perigo logo aos 17 segundos no chute de Patric, rente ao travessão.

Logo depois, Cazáres cobrou falta para a grande área e a defesa do São Paulo conseguiu cortar pelo alto.

Aos cinco minutos, Cazáres chutou mesmo sem ângulo e quase surpreendeu o goleiro Denis, que conseguiu fazer a defesa.

Cazáres quase marcou aos sete minutos em chute da entrada da área pela esquerda e a bola saiu rente à trave. O equatoriano tentou novamente em chute por cobertura, defendido por Denis.

 

 

 

Aos 16 minutos, Eduardo exigiu boa defesa de Denis em chute de fora da área. Na sequência da jogada, a arbitragem marcou impedimento de Patric.

Patric foi substituído por Clayton aos 23 minutos e Victor fez boa defesa aos 30 minutos, no chute de Wesley.

Aos 33, em grande oportunidade, Clayton recebeu a bola na área e concluiu para fora. Dois minutos depois, Lucas Pratto pegou a sobra de bola na área e chutou para o gol, mas a bola desviou na zaga são-paulina.

 

 

 

 

Dátolo entrou no jogo aos 39 minutos, no lugar de Eduardo. Aos 40, Marcos Rocha cruzou pela direita e a defesa paulista afastou o perigo.

Leonardo Silva quase marcou de cabeça aos 44 minutos, após cruzamento de Douglas Santos, mas Denis fez a defesa.

O Atlético ainda teve uma última chance aos 49, em falta bem próxima à grande área, mas Lucas Pratto chutou por cima do gol.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.