quarta-feira, 29 de Outubro de 2014 09:44h Atualizado em 29 de Outubro de 2014 às 09:48h. Luciano Eurides

Gian Rodrigues chega para comandar o Guarani no Mineiro de 2015

O Guarani Esporte Clube apresentou, na tarde dessa terça-feira, 28 de outubro, dia de São Judas Tadeu, o Santo das Impossíveis, o treinador para o Campeonato Mineiro 2015

O comandante é Gian Rodrigues, já conhecido da torcida e do diretor de futebol Renato Montack. Coube ao vice-presidente Vinícius Morais apresentar os motivos da escolha de Gian para o comando técnico.
Vinícius Morais apresentou como principal motivo o fato do treinador já conhecer a cidade e o clube, assim não será necessário um período de adaptação. Gian Rodrigues destacou o fato de voltar a uma equipe. “Sinal que algo bom ficou”, disse. Ressaltou ainda a identificação dele com o clube e a força da torcida. Sem promessas, Gian apenas falou apenas das expectativas de fazer um trabalho melhor que no passado.
O treinador falou a imprensa. “Encaro com uma satisfação maior e uma responsabilidade muito grande. Quando se volta para um clube é sinal que se deixou alguma coisa e um envolvimento para se fazer um trabalho melhor que em 2012. Na verdade, é fazer um trabalho focado em todos os detalhes, na montagem dos jogos e muito planejamento. No futebol já existe um mundo e não queremos errar na escolha, jogador rápido, forte e com muita técnica. Jogadores como Iago e Luis que já conheço, em se tratando de atletas, conto com quem é bom, não importa se é da cidade ou não, queremos evolução, o trabalho é feito para o Guarani”, garantiu.
Para Gian Rodrigues, muita coisa mudou desde 2012. “Há um amadurecimento e também uma revisão de conceitos, acervo de atletas, estou feliz em voltar e retorno para casa, parece que tem cem anos que moro aqui. Ficamos em sexto, a dois pontos do G4, não posso prometer nada, mas não venho pensando em negativo”, garantiu.
Com relação a jogadores, começa o trabalho de busca, há uma lista grande feita por Gian e outra elaborada por Renato Montack, não acredita-se na base de 2012. “Dois anos é muito tempo para o futebol, muitos devem estar em outras equipes e uma realidade diferente”, explicou Gian. A pré-temporada fora da cidade, se for planejada, é uma opção do treinador e ele espera contar com essa ferramenta.

 

 

 

 

Avaliação do Arbitral
Houve também no arbitral da Federação Mineira de Futebol (FMF) onde se exclui a taxa de participação e dos 10% da FMF, 2% serão destinados para cursos de arbitragem. Há também a projeção de um trabalho para uma Taça Minas Gerais ou competição equivalente, mas com atletas até 23 anos.

 

 

 

 

 

URT
O trabalho de montagem do elenco da URT para a disputa do Campeonato Mineiro de 2015 não cessa. Após anunciar dois reforços na última semana, o clube voltou a confirmar mais um contratado para a próxima temporada: o atacante Ramon Vilhena, que estava no Rio Branco (AC).
O jovem paraense de 22 anos vai atuar mais uma vez ao lado do meia-esquerda Polaco, que foi anunciado na última semana. Os jogadores atuaram juntos no Rio Branco e Ramon espera uma parceria de sucesso na URT. “O Polaco é um grande amigo dentro e fora de campo. Nós podemos ajudar a URT. Fizemos uma boa parceria no ataque do Rio Branco e, se Deus quiser, vamos conseguir repetir esse entrosamento na URT”, afirmou o atacante.
Antes de atuar no Acre, o atacante teve passagens por Goiás, Minas, Boa Esporte e pelo Democrata-GV. Agora, desembarcando mais uma vez no futebol mineiro, Ramon quer contribuir com a equipe de Patos de Minas. “Espero muito poder ajudar a URT e meus companheiros a conseguir nossos objetivos”, concluiu.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.