quinta-feira, 3 de Março de 2016 13:37h Site oficial America-MG

Givanildo elogia bom futebol da equipe, mas reprova as finalizações no clássico

Treinador do Coelho destaca que time americano fez boa partida, mas pecou muito nas finalizações

A vitória era o único resultado que interessava ao América no clássico contra o Atlético na noite desta quarta-feira (2/3), em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Copa da Primeira Liga. Mesmo criando diversas oportunidades claras de gol, o time americano ficou apenas no empate em 1 a 1 contra o rival. O resultado praticamente elimina o Coelho, que agora precisa de uma difícil combinação de resultados para seguir vivo na competição interestadual.

Após o clássico desta quarta, o segundo em três dias (no domingo o Coelho empatou em 1 a 1 com o Cruzeiro pelo Campeonato Mineiro) o técnico Givanildo Oliveira avaliou como positiva a atuação da equipe. Por outro lado, o comandante criticou a falta de pontaria de sua equipe e entende que, agora, só um milagre daria a classificação ao time.

 

“Nós estamos fora, pois só a vitória interessava e isso aí é chato. Mas eu fico satisfeito pela boa partida que nós fizemos contra um time forte. Nós erramos muito na finalização e terminamos pagando por isso. Nós fizemos um grande jogo, mas erramos na finalização que é o principal do futebol, que é o gol”, lamenta.

Givanildo Oliveira se diz satisfeito com a evolução do América na temporada, principalmente pelo fato de a equipe ter se modificado bastante em relação ao ano passado. Ele acrescenta que o pensamento de todos agora está na conquista do Campeonato Mineiro.

“A formação do time tem me agradado em algumas situações como hoje, porque é um grupo que mudou muito do ano passado para este. Estamos nos acertando e melhorando. Temos erros, como houve hoje, principalmente na finalização, mas nós vamos melhorar a cada jogo e o pensamento agora é ser campeão estadual”, garante Givanildo.

 

 

 

FOCO NO ESTADUAL

Com chances remotas de seguir na Copa da Primeira Liga, o time americano volta suas atenções para a disputa do Estadual. Givanildo Oliveira afirma que o foco da equipe americana deve ser no presente, na competição que está disputando, e cita a dificuldade do próximo desafio do Coelho, neste sábado (5/3), às 16h, contra o Tricordiano, na cidade de Muriaé.

“Vamos pensar no Estadual. Já temos um jogo sábado, um jogo difícil e complicado. Eu, como treinador, não posso ficar pensando lá na frente. Tenho que pensar no agora, porque se eu ficar pensando lá na frente e o time começa a perder eu não chego no amanhã e aí não adianta nada”, concluiu o comandante americano.

Com pouco tempo para treinar, os jogadores americanos voltam ao trabalho na tarde desta quinta-feira (3/3), às 16h, no CT Lanna Drumond. Após o treino, a delegação viaja para Muriaé.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.