segunda-feira, 18 de Novembro de 2013 06:36h

Goleada mantém América na luta pelo acesso

Coelho bate o Atlético-GO por 3 a 0 e leva a torcida ao delírio na Arena Independência

Alessandro fez o terceiro gol da vitória americana na Arena Independência

Empurrado por mais de cinco mil torcedores na tarde deste sábado, 16/11, o América goleou o Atlético Goianiense por 3 a 0, na Arena Independência, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e manteve viva suas chances do acesso à Série A. Marcão e Elsinho, no primeiro tempo, e Alessandro no segundo fizeram a festa da torcida americana.

O Coelho construiu a vitória no primeiro tempo, como legítimo dono do jogo, abrindo dois gols de vantagem com Marcão e Elsinho. No segundo tempo, com sabedoria e paciência, administrou a vantagem e fechou a goleada com o atacante Alessandro.

Com 56 pontos, o América ainda tem dois jogos pela frente. Na próxima sexta-feira enfrenta o Joinville, na Arena Joinville, e depois encerra sua participação no campeonato recebendo o ABC, na Arena Independência.

Os jogadores ficam de folga no domingo e se reapresentam na tarde de segunda-feira, no CT Lanna Drumond, para iniciarem os trabalhos visando ao jogo contra o Joinville.

DONO DO JOGO

 

O jogo começou com um protesto dos jogadores dos dois times. Eles trocaram passes por um minuto, sem saírem do lugar, em forma de apoio ao movimento Bom Senso FC, que busca melhorias para os atletas no futebol brasileiro. Em seguida, o que se viu foi o Coelho, empurrado pela torcida, mostrar que iria buscar a vitória a todo custo, para manter-se vivo na competição.

A vitória começou a ser desenhada aos 12 minutos, quando o volante Andrei Girotto arriscou de fora da área e a bola sobrou nos pés do atacante Marcão. Na grande área, com categoria, ele bateu no canto esquerdo do goleiro Márcio, fazendo a torcida “explodir” de alegria na arquibancada.

Absoluto em campo, o América partiu para definir o jogo ainda no primeiro tempo. As chances foram aparecendo. O zagueiro Vitor Hugo teve duas: na primeira, ele cabeceou forte, pela linha de fundo; na segunda, o zagueiro pegou a sobra na pequena área e, com um belo chute, mandou por cima do travessão de Márcio.

 

GOLAÇO!
Aos 29 minutos, o torcedor que começava a ficar impaciente com a demorada do segundo gol, foi recompensado com um golaço. O lateral Elsinho roubou a bola no campo defensivo e saiu em velocidade para o ataque. Ao chegar na meia-lua, o lateral chutou colocado, no canto direito de Márcio, que só olhou a bola morrer no fundo das redes. América: 2 a 0.

Empurrado pelo grito de “mais um... mais um...” da torcida o Coelho quase ampliou, aos 41. O meia Bady recebeu a bola pela esquerda e cruzou na medida para o lateral Danilo, que apareceu de surpresa entre os zagueiros, desviando a bola de cabeça, no canto esquerdo do goleiro Márcio, que conseguiu espalmou a bola para a linha de fundo em grande defesa.

PACIÊNCIA
Atrás no placar, o Atlético Goianiense voltou para o segundo tempo tentando diminuir a vantagem americana, só que esbarrava no bom posicionamento do setor defensivo americano.
Aos 14 minutos, o técnico Silas fez a primeira substituição. Ele colocou o atacante Alessandro no lugar de Nikão, que jogava na base do sacrifício. Aos 21, Vitor Hugo subiu mais que os marcadores e cabeceou firme, mas a bola passou raspando a trave.

Em seguida, Silas colocou o volante Marcelo Rosa no lugar de Claudinei, que também vem jogando com dores. Pouco depois o treinador trocou o atacante Marcão, que saiu ovacionado pela torcida, por Wéverton. O Coelho então passou a cadenciar o ritmo e com tranquilidade e paciência foi criando outras chances de gol

DECRETO FINAL
A torcida, muito confiante e feliz, pedia “olé” nos toques de bola da equipe americana e sabia que o terceiro gol era questão de tempo. E o gol saiu aos 32, após bela triangulação entre Bady, Elsinho e Kléber que, pela direita, cruzou na medida para Alessandro na área. De frente para Márcio, o atacante só teve o trabalho de mandar a bola para o fundo das redes e encerrar a goleada de 3 a 0.

Os minutos finais foi só festa nas arquibancadas com gritos de “Olé” e “Vamos subir, Coelhooô!”.

FICHA DO JOGO
AMÉRICA 3 x 0 ATLÉTICO-GO
36° rodada do Campeonato Brasileiro série B
Arena Independência, Belo Horizonte, MG
Público: 5.725
Renda: R$ 27.032,50

Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos e Eli Carlos Franco de Oliveira
Cartões Amarelos: (América); João Paulo, Rafael Cruz (Atlético-GO)
Cartões Vermelho: Rafael Cruz (Atlético-GO)

Gols: Marcão, aos 12 minutos do 1° tempo; Elsinho, aos 29 minutos do 1° tempo, Alessandro, aos 31 minutos do 2° tempo (América)

AMÉRICA
Matheus; Elsinho, Jaílton, César Lucena e Danilo; Claudinei (Marcelo Rosa), Andrei Girotto , Kléber, Bady; Nikão (Alessandro) e Marcão (Wéverton).
Técnico: Silas

ATLÉTICO-GO
Márcio; Rafael Cruz, Artur, Anderson e Diego Giaretta; Marcone (Ricardo Jesus), Pedro, Renan e João Paulo (Adriano); Anselmo (Jorginho) e Fábio Lima.
Técnico: Gilberto Pereira

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.