terça-feira, 13 de Janeiro de 2015 09:04h

Goulart deixa o treino mais cedo e pode sair do Cruzeiro

O meia-atacante Ricardo Goulart saiu mais cedo do treino desta segunda-feira, na Toca da Raposa II

A alegação é que o jogador, que está na mira do futebol chinês, saiu para “resolver problemas pessoais”. O clube chinês Shandong Luneng teria oferecido um salário quatro vezes maior ao que Goulart recebe na Raposa.
Artilheiro da equipe celeste na temporada passada com 24 gols, Goulart chegou a ser especulado no fim de 2014 no Cruz Azul, mas o jogador rechaçou a possibilidade de atuar no futebol mexicano. Além disso, a diretoria negou ter recebido qualquer proposta na época pelo meia-atacante.
Uma das novidades do elenco é o prata da casa Judivan. Ele participou somente de duas partidas pelo time profissional do Cruzeiro, mas deu muita esperança ao torcedor celeste para os próximos anos. Natural de Souza (PB), chegou ao Clube em 2010, onde teve o seu talento lapidado e se tornou um dos destaques nas competições das categorias de base.
Com faro de gol, o jovem atacante já foi o artilheiro do Campeonato Mineiro sub-17 e do Torneio de Amsterdam. Para o paraibano, essa passagem pelos gramados da Toca I foi fundamental na sua evolução como jogador, aprendizado que o fez chegar ao time principal de Marcelo Oliveira.
“Fiz toda a minha base no Cruzeiro, desde o infantil, e aprendi muito aqui. Essa formação foi muito importante para mim, porque o Clube tem uma estrutura sensacional e isso me proporcionou que eu chegasse à equipe profissional, com o Marcelo Oliveira me dando a oportunidade”, analisou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.