terça-feira, 17 de Setembro de 2013 12:02h

Governo Federal anuncia Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2013

O Ministério do Esporte, a Caixa Econômica Federal e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciaram, nesta segunda-feira (16.09), no Rio de Janeiro, a abertura do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2013. A competição, patrocinada pela Caixa

O Ministério do Esporte, a Caixa Econômica Federal e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciaram, nesta segunda-feira (16.09), no Rio de Janeiro, a abertura do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2013. A competição, patrocinada pela Caixa Econômica com o apoio do ministério, terá sua rodada inicial nesta quarta-feira (18.09) e seguirá até dezembro. Serão 20 times de 13 estados e do Distrito Federal, divididos em quatro grupos de cinco equipes cada um. A Caixa está investindo R$ 10 milhões para a realização do campeonato.

 

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, destacou a importância da competição. “Estamos em um processo contínuo de reformulação do futebol feminino no Brasil e encontrando caminhos para valorizar e estruturar a modalidade. A presidenta Dilma Rousseff valoriza a promoção da mulher no esporte e a viabilização desses campeonatos representa um marco nesse sentido. Nossa luta é colocar o futebol feminino de volta nos jogos universitários e nos jogos escolares”, avaliou o ministro, que também confirmou outras ações realizadas pelo ministério para fomentar a modalidade em todo o país, como a Copa Libertadores da América de Futebol Feminino.

 

"Hoje é um dia muito importante para o país, onde essa modalidade é tão sofrida. Espero que esse seja o primeiro passo de outras competições. Queremos que o futebol feminino seja uma modalidade reconhecida em todo o país porque o futebol é grande e temos talento para isso”, destacou a coordenadora de Futebol Feminino do Ministério do Esporte e ex-jogadora da Seleção Brasileira Michael Jackson.

 

A competição sul-americana acontecerá de 13 a 27 de outubro, em Foz do Iguaçu (PR). Dois times brasileiros estão confirmados: São José (SP), atual campeão da Copa do Brasil, e ADI Foz (PR), por ser sede da competição. O Colo-Colo (Chile), atual campeão da Libertadores, também está garantido. Como nas edições anteriores, o restante das equipes será definido até o fim de setembro, pois os campeonatos nacionais dos outros países estão na reta final. Os campeões de cada país garantem a vaga nesta edição, que conta com recursos do Ministério do Esporte no valor de R$ 600 mil.

 

Outra medida anunciada para a modalidade é a realização da Copa Brasil Escolar Sub-17, que acontecerá de 29 de outubro a 3 de novembro, em Aracaju (SE). Serão 12 times formados por atletas de escolas de 12 estados, contemplando todas as regiões do país. O Ministério do Esporte direcionou R$ 765 mil para a realização do torneio.

 

Valorização do futebol feminino


O Ministério do Esporte está empenhado em estruturar o futebol feminino no país. O primeiro passo foi tomado pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, em dezembro de 2011, quando empossou como coordenadora de Futebol Feminino do Ministério do Esporte a ex-jogadora da Seleção Brasileira Michael Jackson. Em fevereiro de 2012, Aldo Rebelo criou um grupo de trabalho para discutir soluções e buscar melhorias para o futebol feminino.

 

Jogos da primeira rodada do Brasileiro:
Francana (SP) X Rio Preto (SP) – estádio Lanchão, em Francana (SP)
Duque de Caxias X Centro Olímpico – estádio Romário Faria, em Duque de Caxias (RJ)
Asscoop X Vasco – Estádio Elmo Faria, em Taguatinga (DF)
Kindermann X ADI Foz – estádio Carlos Neves, em Caçador (SC)
Vitória X Caucaia – estádio Severino Carneiro, em Vitória de Santo Antão (PE)
São Francisco X Mixto – estádio Junqueira Ayres, em São Francisco do Conde (BA)
Tiradentes X Viana – estádio Alberto Silva, em Teresina (PI)
Tuna Luso X Iranduba – estádio F. Vasques, em Belém (PA)

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.