quinta-feira, 26 de Julho de 2012 14:17h Gazeta do Oeste

Governo prepara plano para as Olimpíadas de 2016, diz Aldo Rebelo

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse hoje (25), em Londres, capital britânica, que o governo prepara o anúncio de um plano detalhado para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Sem dar detalhes, o ministro confirmou que o objetivo é garantir mais recursos para os atletas e as equipes esportivas. “Temos um plano especial para 2016 com mais recursos”, sintetizou ele.

 

 

Aldo acompanha a presidenta Dilma Rousseff na visita a Londres até sábado (28). Também estão na comitiva da presidenta os ministros Antonio Patriota (Relações Exteriores), Helena Chagas (Comunicação Social), Gastão Vieira (Turismo), Aloizio Mercadante (Educação) e Marco Antonio Raupp (Ciência, Tecnologia e Inovação), além do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS).

 

O ministro disse estar otimista com os resultados que serão obtidos pelos brasileiros nas Olimpíadas de Londres cuja abertura ocorre no dia 28 com o tema Live Is One (Viva como se fosse o único, em português). “Minha expectativa é a melhor possível. Creio que tivemos esses quatro anos para evoluir em relação aos resultados [anteriores]”, disse ele.

 

 

Em Pequim (2008), o Brasil conquistou três medalhas de ouro – natação, atletismo e vôlei -, quatro de prata e oito de bronze. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) reuniu uma equipe de 259 atletas – 136 homens e 123 mulheres que disputarão 32 modalidades olímpicas. No total, são 29 modalidades e 26 esportes. A previsão é que aproximadamente 10,5 mil atletas de 192 países e 13 territórios participem dos jogos.

 

As cerimônias de abertura e encerramento poderão ser acompanhadas por meio das transmissões de televisão por aproximadamente 4 bilhões de pessoas no mundo, segundo os organizadores dos jogos.

 

 

 

 

 

 

AGÊNCIA BRASIL

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.