sexta-feira, 11 de Março de 2011 00:00h

Gramado da Arena do Jacaré recebeu tratamento preventivo

 A Administração de Estádios do Estado de Minas Gerais (Ademg) realizou um trabalho de prevenção e correção do gramado do Estádio Joaquim Henrique Nogueira (Arena do Jacaré), em Sete Lagoas, na região Central do Estado, durante o recesso no calendário do futebol no Carnaval.

O procedimento denominado “plug”, desenvolvido pela Ademg, visa acelerar o processo regenerativo do gramado e consiste em retirar partes da grama do lado de fora das quatro linhas e replantar nos locais mais desgastados do campo de jogo. No total, 90 locais receberam o replantio de grama.

Principal palco do futebol mineiro desde julho de 2010, a Arena do Jacaré já recebeu este ano 11 partidas em pouco mais de um mês de atividades, com o gramado em ótimas condições de uso, reafirmando a excelência no planejamento e manutenção.

As intervenções ocorridas no feriado são importantes para que o gramado suporte o número de jogos na segunda quinzena de março. A partir deste domingo (13), estão programadas seis partidas na Arena do Jacaré nos próximos de 10 dias.

Mais intervenções

Segundo o responsável pelo gramado da Arena do Jacaré, Feliciano Alves, além do “plug”, o gramado recebeu, também, a aplicação da segunda dose de fungicida para evitar, principalmente, ação de fungos que causam manchas no campo. “A primeira aplicação foi em janeiro, antes do início das atividades, e é dividida em três etapas, precedendo o período de frio intenso, propenso ao surgimento de pragas, e terá fim em abril”, afirmou.

Complementando o tratamento, partes críticas como a grande área e o círculo central receberam adubação duplicada e terão crescimento da grama acelerado, para evitar efeito visual negativo e prejuízo técnico nos jogos.

O trabalho desenvolvido pela Ademg no gramado da Arena do Jacaré faz com que o campo de jogo do estádio de Sete Lagoas seja considerado por atletas e treinadores um dos melhores do país.

Fonte : Agencia Minas

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.