sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2016 09:27h Luciano Eurides

Guarani acredita na velocidade de seus jogadores para conseguir a vitória em Juiz de Fora

O Guarani fez nesta quinta-feira o encerramento da parte física e técnica para o confronto contra o Tupi, na cidade de Juiz de Fora, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro 2016

Ainda haverá palestras e um estudo sobre o adversário e, assim, finalizar o plano de jogo. Uma das armas é o entrosamento e velocidade. Felipe Caldeira simboliza muito bem isso. Foi dele a jogada que nasceu o gol de Júnior Barros, no treino coletivo, mas antes ele deixou Jhonatan Oliveira na cara do gol, o meia não foi fominha e tocou para trás e, assim, o centroavante fez o primeiro gol dos titulares no treino apronto.

O meia-atacante Caldeira considera o time pronto desde o início da competição. “Já estamos prontos desde dezembro, trabalhamos forte durante a semana, fizemos um coletivo muito bom, e vamos chegar lá preparados para vencer o Tupi. No outro jogo que fizemos longe de casa, frente ao Tricordiano, foi atípico, o gramado atrapalhou nosso futebol, que é bola no chão e o torcedor já conhece, pelas vezes que jogamos no Farião e lá também dá para jogar, pois é um campo muito bom. Vamos buscar os três pontos”, disse.

“Com a chegada de Júnior, fica a mesma coisa, ele também é bola no chão, toque rápido e triangulação, eu e Jhonatan já nos conhecemos e só de olhar sabemos onde o outro está e que eu possa achar eles mais vezes no decorrer do jogo. Certamente, como teve contra o América, contra o Atlético e achei o Jhonatan, lá podemos fazer a mesma coisa”, falou e até admite também chegar para finalizar a gol. “Eu estou buscando, ajudando a equipe e ao mesmo tempo voltando muito, acho que este jogo vai ter como finalizar e quem sabe sair com gol. Meu forte é a velocidade e, do jeito que estou trabalhando, acho que vou conseguir coisa boa”, confessou.

O Guarani ficará longe da torcida por duas semanas, após encarar o Tupi, o time vai ter, na sequência, o Uberlândia, no Triangulo Mineiro.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.