segunda-feira, 21 de Maio de 2012 16:09h Luciano Eurides

Guarani aos poucos vai ganhando corpo

O Guarani de Divinópolis aos poucos vai montando um elenco para a série D do Campeonato Brasileiro. A estreia do time será contra o Friburguense, dia 27, 15h no Farião. O zagueiro Diego e o atacante Paulo Ricardo, ambos vindos do Mamoré já estão treinando.

Com jogadores em recente atuação, seja pelo Guarani ou Mamoré, a base da equipe é montada com juventude e parte física em dia. Tiago Braga disputou o último campeonato Mineiro pelo Villa Nova, cidade onde nasceu o atacante Paulo Henrique, que iniciou a carreira no Leão do Bonfim, foi para o Mamoré e com 20 anos irá defender o Bugre Divinopolitano. O atacante fala da recepção e expectativa. “Estou chegando para fazer um bom trabalho e desempenhar um bom futebol. Minhas características é fazer gols e dar alegria na torcida. A expectativa é ajudar o Guarani , a conquistar a série C. Ajuda que já nos conhecemos e o clima fica legal, o desempenho fica melhor”, falou o atacante.

Além de Paulo Ricardo Marcelinho, Tiago Carvalho, Robertinho e o zagueiro Diego são vindouros da equipe de Patos de Minas. Diego Rafael, 23 anos fala do pouco tempo para se montar uma equipe e confia no bom trabalho planejado. “Confiante, o tempo não é o problema, se for um bom trabalho dá certo sim, a equipe é jovem e todos querendo trabalhar e encarando com seriedade. Ninguém estava parado, estávamos em uma crescente muito grande, e agora é trabalhar, manter o que vínhamos fazendo. Cada treinador tem uma opção tática e vamos assimilar a dele (Gian Rodrigues)”, comentou.

O Mamoré teve boas atuações e uma falta de sorte poucas vezes vistas no futebol. Marcelinho, que é divinopolitano e defendeu a equipe de Patos de Minas conta a nova situação. “Aqui onde tudo começou como profissional e espero fazer uma grande campanha e conseguir os objetivos. São apenas 15 dias para se armar e fazer um campeonato. Temos de passar por cima disso com trabalho, com dedicação e procurar assimilar o mais rápido possível aquilo que o professor nos pedir. Ainda não trabalhamos parte tática, veremos. O Mamoré fez um grande campeonato mineiro módulo II, primeira fase muito boa e sabemos que futebol não é só dentro do campo e envolve muita e foi bom, temos de dar sequencia aqui no Guarani”, ressaltou.

 

FRIBURGUENSE

Durante os dois últimos anos, o meia Jorge Luiz vestiu a camisa 10 do Friburguense. O jogador de 24 anos foi um dos destaques do tricolor serrano nas campanhas do acesso, Copa Rio e carioca deste ano. O bom desempenho do jogador chamou a atenção do Flamengo e as negociações foram iniciadas. Na última quarta-feira, Jorge Luiz foi apresentado como novo reforço do rubro-negro para a disputa do Brasileirão. Jorge fica por empréstimo até o fim do ano na Gávea.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.