quinta-feira, 4 de Agosto de 2011 09:30h Atualizado em 4 de Agosto de 2011 às 09:35h. Luciano Eurides

Guarani apresenta grupo para Taça Minas Gerais

Na tarde de ontem foi apresentado parte do grupo para a disputa da Taça MG que dá vaga para a Copa do Brasil

O Guarani apresentou na tarde de ontem parte do elenco que irá disputar a Taça Minas Gerais de Futebol. O presidente do Clube, Edilson de Oliveira deu as boas vindas aos jogadores e aqueles que ainda não conheciam foram apresentados ao treinador Gian Rodrigues. Entre os conhecidos estão Chico Marcelo, Robert e Robertinho. Na noite de ontem e manhã de hoje a expectativa é da apresentação do restante do grupo que deverá ser fechado com 25 a 30 atletas.


Se apresentaram os goleiros Mateus e Gustavo. O zagueiro Guilherme, promovido dos juniores após a Taça BH. Os laterais Sandro, Guilherme Santos e Felipe Cafu. Os volantes Saulo, Fernandinho e Michel Elói. O meia Robert e os atacantes Douglas Cachorrão, Michel Clayton, Marcelo (vindo do Vitória), Chico Marcelo, Jackson e Robertinho. Ainda Luís Felipe, jogador com idade de junior vindo do Sport Recife.
 

O gerente de futebol Renato Montak acompanhou a apresentação dos atletas e garantiu a chegada de outros ainda hoje. “Com certeza, estamos aguardando alguns atletas que ainda não chegaram, alguns por problemas de ônibus e deverão chegar ainda essa noite, deveremos trabalhar com 26 jogadores, já temos 22. Estamos procurando trabalhar com jogadores experientes e jovens também”, disse.
 

O presidente do Guarani foi quem recebeu os atletas e fez questão de dar as boas vindas e falar da importância dessa competição para a história do Guarani. “É uma satisfação colocar o Guarani em condições de disputar a Taça Minas Gerais e assim atividades quase que o ano inteiro. Estamos fazendo uma renovação de valores, jogadores novos, indicados pelo treinador e dirigentes. Ainda alguns que disputaram a Taça BH e o campeonato mineiro. Entramos na Taça para vencer. Temos o objetivo de ganhara a vaga na Copa do Brasil e representar Divinópolis no ano do Centenário. Virão aqui nossos concorrentes diretos. Estes times estão em um patamar alto, se contarmos, o Nacional era parceiro em 2010 e virou nosso concorrente, é uma motivação a mais e o temos a obrigação de nos sairmos melhor que eles”, avisou.


O lateral Felipe Cafu disse ser a primeira vez a vestir a camisa do Guarani e está cheio de confiança. O atleta jogou na base do Atlético e América. “Joguei contra o Guarani, a favor será a primeira vez e estou confiante em fazer uma boa Taça Minas Gerais”, falou o atleta de 19 anos e complementou. “Se fomos ver, hoje os grandes clubes do Brasil sempre tem jogadores novos”, já anunciou.
 

O treinador Gian Rodrigues teve a oportunidade de conhecer de perto aqueles jogadores da base do Bugre. “Os jogadores da base acompanhei na Taça BH e alguns já jogaram aqui mesmo no guarani e alguns jogadores que conheço. Começamos certo, com os pés no chão e apoio da diretoria e já demos o inicio”, comentou.

 

Ranking CBF
 

Conforme o Art. 2º c/c o Art. 5º, § 3º do Decreto nº 6.187/2007, que regulamenta a Lei nº 11.345/2006, instituidora da Timemania, são 80 clubes participantes, dispostos por um ranking da CBF. Assim se o Guarani melhorar o seu posicionamento poderá reivindicar a participação no jogo. De acordo com Edilson de Oliveira, não apenas esse benefício, mas outros poderão vir com uma boa participação do Bugre. “Um time que quer ser profissional, além de ter atividade o ano inteiro ele tem de fazer parte da entidade maior que é a CBF. Hoje ele é um filiado da FMF e temos de dobrar esse nível. Para participarmos de todos os privilégios e não somente da Timemania, mas todos os privilégios que ela oferece”, disse.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.