sexta-feira, 11 de Novembro de 2011 16:42h Luciano Eurides

Guarani é melhor e perde para o Villa Nova

O Guarani de Divinópolis foi a Nova Lima e jogou bem, sofreu um gol muito rápido e reagiu, porém o gol não saiu e o placar de 1x0 ficou muito bom para o Leão do Bonfim. Wallison Mineiro fez o gol que tirou a vice-liderança do Bugre.


O time de Divinópolis mais uma vez não entrou no clima do jogo, desconcentrado sofreu o gol. Houve um apagão do sistema defensivo. Com dois minutos de jogo, Tôto virou um ponta direita e aproveitou a deficiência de marcação do Bugre pelo setor esquerdo. Local onde o Guarani sofreu muitos gols nessa competição e mais uma vez foi deficitária. Wallison Mineiro marcou o único gol da partida.


Depois o time foi crescendo na partida e chegou a igualar e superar em volume de jogo. Tiago Carvalho recebeu uma bola rolada por Junior e soltou o pé com vontade, a bola foi em encontro ao travessão. Hernani também teve uma oportunidade, a bola caprichosamente tocou na trave. Nos minutos finais da primeira etapa o Bugre era melhor em campo. Gian Rodrigues saiu falando da necessidade de tranquilizar. “Temos de revezar o lado de jogar, esperávamos o Tôto ali e já sabíamos que isso iria acontecido e a bola poderia ter entrado e vamos insistir r persistir”, falou no intervalo de jogo.
Na segunda etapa o Guarani continuou bem, mas o gol insistiu em não sair. Atila Carneiro Magalhães achou um pênalti em Anderson Tôto, inexistente e que Tiago Régis defendeu. O prejuízo ficou na expulsão do lateral esquerdo Junior, foi necessário substituir Chico Marcelo por Iago para recompor o sistema defensivo, e funcionou, o garoto de 18 anos atuou melhor que o titular. A entrada de Robertinho no lugar de Hernani, no meio campo, deu uma dinâmica de jogo melhor para a equipe e novamente faltou o mais importante, o gol.

 


O jogador Robert analisou a partida como falta de sorte. “Tentamos, mas a bola não entrou e vamos levantar a cabeça e pensar no Ipatinga onde vamos colocar a bola para dentro e carimbar a classificação”, considerou o atacante. Já o também atacante Marinho ressaltou a luta. “Tentamos e vamos analisar tudo isso que aconteceu”, destacou.


O treinador Gian Rodrigues analisou a partida como um time melhor que perdeu. “Nosso time jogou muito, três bolas na trave, criação de situação de gols e com um homem a menos jogamos igual ao adversário, tivemos chances. O pênalti duvidoso e a equipe está de parabéns, e vamos terminar dentro da fase de classificação. Um time que fez o melhor e não desistiu. Buscou a vitória o tempo todo”, avaliou e complementou dizendo a importância de se criar as jogadas e ainda vencer a falta de qualidade do campo. “O resultado não reflete o que foi o jogo”, falou.


Na análise do treinador a estreia de Bruno Maia foi espetacular. “Não é novidade porque ele faz o dia a dia dele muito bom, de uma qualidade técnica boa, senso de marcação e visão periférica muito boa”, e não encontra ainda defeito no setor esquerdo. “Muitas vezes o cruzamento sai ali, mas a origem do gol. Cruzaram bolas do lado direito e não saiu o gol”, gostou da entrada de Robertinho. “Normalmente no primeiro tempo ainda não há o desgaste físico e logo que ele entrou ficamos com um a menos. Buscou sempre acertar”, ressaltou.


A próxima partida do Guarani é contra o Ipatinga, terça-feira, feriado nacional e a torcida já é convocada para elevar o time. “Está na hora do torcedor comparecer, é o momento de vencer em casa e quem sabe o Nacional não suporte as dificuldades de jogar contra o Boa”, considerou.
A equipe de Divinópolis jogou com: Thiago Régis, Rafael, Cleberson, Bruno Maia, Junior, Tiago Carvalho, André, Hernani (Robertinho), Chico Marcelo (Iago), Robert e Marinho. Edu Sales não faz mais parte do elenco do Guarani, ele fará uma intervenção cirúrgica e não descartou a possibilidade de voltar no ano de 2012, para o Campeonato Mineiro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.