quarta-feira, 31 de Dezembro de 2014 03:53h Atualizado em 31 de Dezembro de 2014 às 03:54h. Luciano Eurides

Guarani entra de recesso para o réveillon cheio de alegria

O Guarani de Divinópolis encerrou o ano de atividades

Os jogadores realizaram o último treino, comemoram o aniversário de Thiago Papel e Iago – jogando ovos, água, hidrotônico, grama e tudo que estava ao alcance das mãos na cabeça dos aniversariantes – e depois foram liberados para as festividades de final de ano. A reapresentação será na sexta-feira, dia 2, às 16h.
Para o atleta Marcinho o ano foi bom e o Guarani está dentro daquilo que foi planejado. “Estamos formando um time bom, estamos nos entrosando aos poucos. Acabou um ano, mas vamos começar ainda melhor e pegando firme. Teremos alguns amistosos e temos o mês de janeiro para chegarmos ainda mais ao ideal. Temos qualidade, uma mescla de jogadores, isso é bom e vamos fazer um bom campeonato. Estamos nos adaptando ao esquema de jogo que é tão usado e quase todos os times jogam dessa maneira. Aos poucos o treinador vai passando o que ele quer e a maneira certa de fazer as coisas”, declarou.
Walterson Silva, atacante de 20 anos, nasceu em Janaúba, no norte de Minas, tem 1m80 e 67kg. Ele vem se destacando nos treinamentos e pode surpreender. Esse é o desejo dele para 2015. “Estamos treinando firme, sempre em busca do melhor para o Guarani. Entrei no jogo contra o América, ajudei a equipe com um gol, não estamos na parte física ideal, mas vamos chegar. Com os jogos-treinos vamos nos encaixar. Estou ansioso para começar e enfrentar os principais clubes do Brasil. Tive um ano bom, no São Bernardo foi bom, tivemos uma proveitosa participação na Copa do Brasil. Que 2015 seja um ano de glória e chegar ao título aqui no Guarani”, falou o jogador que é do São Bernardo, onde tem contrato até 2017. Ele fica em Divinópolis para o réveillon onde fará um churrasco com outros jogadores que também não viajarão para suas casas.
Octávio, adolescente, já no profissional e longe da família, é o mais assediado pela imprensa e torcida por ser neto do Rei Pelé. Ele falou sobre a visita à família, o retorno para o réveillon e a pressão que é colocada sobre ele. “Eu visitei a família, estava com muita saudade, agora vou novamente e na volta já é o campeonato mineiro. Mesmo à distância acompanham minhas postagens. Eles falaram que viram nos jornais, entrevistas e matérias e tenho contato diário por Facetime e WhatsApp e conversamos muito. Eles ficam felizes pelo que está acontecendo e mesmo eu, novo e já encarando de frente os desafios, tenho cada vez mais a treinar. Quanto à preparação eu, desde criança, é assim, me comparam com meu avô, mas tem de lidar com isso, nasci assim e não é uma escolha. Então se Deus quer assim, Ele sabe porque me colocou nessa família abençoada. Não me incomoda e até acho bom, quero superar todas as expectativas e estou consciente do meu trabalho”, falou a jovem promessa do Bugre.
O jogador Iago ganhou uma chuva de ovos em comemoração ao próprio aniversário. “Presentinho de feliz aniversário e sempre bom o grupo lembrar e foi uma brincadeira legal e sadia entre a gente. Foi um ano bom, consegui jogar o Campeonato Mineiro, fui para Piracicaba e fiz o segundo semestre, foi um bom ano sim”, falou o lateral esquerdo que completa 22 anos.
Thiago Papel também faz aniversário, 23 anos, e dividiu com Iago a comemoração, mas ele conseguiu fugir e não foi uma vítima em potencial. “Presente de grego e o que vale é a amizade e a união do grupo que prevalece. Tive de correr e me alcançaram dentro do banheiro. Este ano está sendo produtivo e termino bem essa pré-temporada e vamos crescer ainda mais com os amistosos”, garantiu.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.