quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013 05:40h Luciano Eurides

Guarani está de volta a Divinópolis

O Guarani está de volta a cidade de Divinópolis depois de uma pré-temporada na cidade de Sorocaba-SP

A novidade é o volante Paulo Roberto de Araújo Prestes Júnior, filho de Paulo Roberto Prestes ídolo atleticano se reuniu com o grupo em Sorocaba, fez a pré-temporada e está em Divinópolis. Ele sabe das necessidades do Guarani e promete onde se fizer preciso ele estará pronto para jogar.
O treinador Leston Junior avaliou positivamente os dias de trabalho no interior paulista. “Saldo positivo dentro daquilo que esperávamos como nossa saída, quando se monta uma equipe do zero, como nós montamos, quando se contrata 25 profissionais que as vezes nunca se trabalharam juntos e se precisa de um momento de privacidade onde esses atletas possam se relacionar com a comissão técnica de uma forma mais intensa e esses onze dias serviram para isso afinal de contas nós estávamos dentro de um Centro de treinamento onde ali se acontecia de tudo: treinos, alimentação, descanso e lazer. Ficamos 24 horas juntos podendo extrair o máximo dos atletas não só em relação a treinamento, mas de conhecimento, personalidade, conduta e manias. Relações humanas é realmente muito sério e necessário um entendimento para que se possa conduzir  da melhor maneira possível”, avaliou.
Paulo Roberto é um atleta de grandes equipes, iniciou a carreira em 2005 e já se tornou um carrasco das equipes divinopolitanas ainda na base do Clube Atlético Mineiro, passou por outros clubes inclusive o Villa Nova e Tupi, onde jogou de zagueiro e fazia muito bem o trabalho de beirada no esquema de três zagueiros, assim as posições onde o Guarani mais precisa ele pode atuar.
O jogador conta como foi a apresentação dele já no inicio da pré-temporada em Sorocaba. “A decisão foi no dia da viagem, meu pai conversou com o Renato (Montack) e houve o interesse e já foi possível conhecer todos e entrosar bem e agora é treinar bastante até o início da competição”, falou.
A carreira dele é longa apesar da pouca idade,  24 anos,  nasceu em 10 de fevereiro de 1988. Tem 1,82m de altura e pesa 80kg. Esteve na base do Galo de 2003 a 2007, ainda esteve no Mogi Mirim (2008), Tombense e América em 2009, voltou para o Atlético para sub 23 e foi para o Democrata de Sete Lagoas, nas últimas duas temporadas Tupi e Villa Nova. Em todo esse tempo sempre venceu as equipes de Divinópolis. “Sempre deu sorte em jogar em Divinópolis e sempre vencendo e quero continuar assim dessa vez pelo Guarani. Eu tive uma pubalgia, e acabei fazendo alguns jogos mesmo com o problema, acabei agravando  a lesão. Na parte clínica estou liberado, acaba que ainda tenho de fazer um trabalho de fortalecimento em conjunto com a fisioterapia e estou um pouco atrás dos outros no aspecto físico e espero em breve estar bem e ajudar”, declarou.
Para jogar ele não vê problemas em ser volante, zagueiro ou até mesmo lateral. “Inicialmente volante nas categorias de base do Atlético e curiosamente nos últimos dois anos joguei como zagueiro e com um pouco mais de saída e liberdade e deixei o professor a vontade. Onde ele precisar estarei pronto para jogar, volante, zagueiro,  lateral, quero é estar jogando e ajudar o Guarani”, confessou.
Calmo, o jogador não se mostrou incomodado com as perguntas de sempre em relação ao pai. “Ele sempre deu apoio em se disputar o Campeonato Mineiro, e este tem muita visibilidade, hoje em Minas tem ídolos como o Ronaldinho Gaúcho. É uma grande vitrine e atrativo sim. Quando estive no Vila ele sempre estava nos jogos e aqui tem essa proximidade com Belo Horizonte ele virá todos os jogos que puder. Os torcedores acabam comparando, mas isso já é costume e por onde eu passei eu provei meu valor, meu pai tem a história dele e eu quero construir a minha e aos pouquinhos estou indo e quero ajudar o Guarani a ser campeão”, ressaltou.

BAIXAS
O zagueiro Marcio Santos foi embora e assim o grupo passa a contar com Asprilla, Adalberto, Tiago Melo e Túlio. Assim Paulo Roberto deve mesmo ser aproveitado neste setor. Fernandinho rompeu os ligamentos do joelho e não participa do Campeonato Mineiro, segue para tratamento clínico e de longa duração e difícil recuperação.  O volante Rafael Rozalen de 22 anos, também deixou o grupo.

AMISTOSO

O Guarani deverá fazer um amistoso contra o Clube Atlético Mineiro no próximo sábado. O Galo é o quarto adversário do Guarani no Campeonato Mineiro e pelas condições de cada equipe é valido o jogo como garante Leston Júnior.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.