terça-feira, 20 de Setembro de 2011 10:16h Luciano Eurides

Guarani estreia com vitória na Taça Minas Gerais

O Guarani estreou com vitória na Taça Minas Gerais de Futebol. Venceu o Nacional de Nova Serrana por 2x1, na manhã de domingo, no Farião. Em uma partida marcada por dois tempos distintos, onde cada equipe foi melhor, Robert fez a diferença e o time de Divinópolis sai na frente na busca pela vaga na Copa do Brasil.


Em uma análise geral houve dois tempos distintos. O Guarani fez um excelente primeiro tempo. O Nacional dominou a segunda etapa. O time de Gian Rodrigues, bem posicionado construiu o placar e soube trabalhar com inteligência para conquistar os três pontos e a vitória no clássico. A equipe teve um entrosamento surpreendente e um futebol solidário. O técnico sugou dos atletas o melhor de cada um. Era atacante ajudando na marcação. Cobertura sendo feita com eficiência e uma conduta de quem realmente não aceitaria outro placar senão a vitória.


No primeiro tempo o Guarani empreendeu um melhor posicionamento em campo. O Nacional até tentou mandar no jogo e quando isso poderia acontecer Robert recebeu um lançamento perfeito de Hernani e abriu o placar. Se já estava bom, poderia ficar melhor. O segundo gol foi nos acréscimos, uma troca de passes com Rafael, no cruzamento a sobra foi para Robert aumentar o marcador. O iluminado Robert foi para os vestiários convicto em uma vitória. “Melhor de tudo é voltar para o segundo tempo, não deixar eles respirarem e conquistar essa vitória”, falou o artilheiro do Guarani.


No segundo tempo o treinador Eugênio mexeu na equipe. Alertou os jogadores e os fez mudar de postura dentro de campo. O time de Nova Serrana teve uma maior posse de bola, volume de jogo e ficou exposto para um contra ataque. O Bugre poderia ter aproveitado e muitas vezes não fez por conivência da arbitragem. Marcos Vinícius Sá invertia algumas faltas, marcava algumas inexistentes e se não fosse a tranquilidade dos atletas divinopolitanos, poderia ter sido complicado. O árbitro viu pênalti em um lance na área do Guarani. Aos 20 minutos o juiz da partida acusou um toque de mão de Tiago Carvalho, Beto cobrou e diminuiu o marcador. O Nacional continuou a frente, os contra ataques não encaixaram e o placar ficou 2x1 para o Guarani.


O experiente atleta Hernani, do Guarani, avaliou a partida como um jogo difícil. “Sabíamos disso e a equipe se postou bem, fez um primeiro tempo muito bom e fez dois gols. Sabíamos que no segundo tempo o Nacional viria para cima e a se portou bem, poderia até mesmo ter um pouco mais de tranquilidade, mas foi bem”, falou.


O zagueiro Paulinho ressaltou a importância de se vencer logo no primeiro jogo. “Sobre uma equipe muito qualificada e a tendência agora é que a equipe posa evoluir cada vez mais e ir em busca de tão sonhada vaga na Copa do Brasil. O time foi pegando confiança durante os amistosos, chutamos a gol e foi resultado do bom trabalho que fizemos”, disse.


O treinador Gian Rodrigues exaltou a vitória e não considerou um recuo da equipe na segunda etapa e sim uma reação normal de um placar bem construído na primeira etapa. “O time se comportou bem e podia ter ampliado, mas o time suportou bem. Quando a posse de bola é minha eu coloco o adversário onde eu quero. Quando a posse é deles, enfiam mais gente dentro da área e acabo tendo de recuar. De forma alguma jogaremos atrás”, explicou e enfatizou não ter jogado na retranca. “O que tem de ser valorizado é a vitória, ninguém recuou nada não e o foco tem de ser outro”, disse.


Os jogadores e comissão técnica terão 10 dias para descansar, treinar e planejar a melhor maneira de enfrentar o  Ipatinga, próximo adversário do Bugre. “O trabalho continua, vamos pegar outra equipe, que joga em um esquema diferente é outra preparação e dificuldades. Uma competição com quatro equipes, uma é convênio com o Cruzeiro e ganhamos, outros três estão no Brasileiro. Ninguém falou que iria ser fácil”, avisou.


Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Ipatinga, no Estádio Ipatingão, no Vale do Aço, no próximo dia 28 de setembro, às 19h30. Enquanto isso, o Nacional de Nova Serrana recebe o Boa Esporte, no próximo domingo, às 15h, no Estádio Astrogildo Duarte, em Nova Serrana.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.