sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014 04:12h Atualizado em 19 de Dezembro de 2014 às 04:18h. Luciano Eurides

Guarani faz primeiro jogo treino na segunda-feira

O Guarani de Divinópolis, em preparação para o Campeonato Mineiro 2015, terá o primeiro jogo treino contra o juniores do América

O time da capital se prepara para a Copa São Paulo de Futebol Junior e será uma boa oportunidade de ver os atletas do Bugre atuando em conjunto. O treino será às 10h e a entrada é uma caixinha de leite.
No treino de campo reduzido, o técnico Gian Rodrigues insiste na velocidade. Ele quer todos os atletas com pensamento e jogadas de rapidez. Fez três times de oito jogadores e um curinga se revezando. O time continua com dois goleiros
O meia Túlio e o zagueiro Igor já treinam normalmente. Em prevenção estão Jaílson, João Carlos e Tiago Papel. Estes atletas não estão lesionados, ocupam o departamento médico por incômodos que podem virar lesão, assim a Santo Antônio Fisioterapia faz um trabalho específico para cada e em cada local de dor.
Com relação a patrocinadores o time ainda não tem nada fechado, segundo o vice-presidente Vinícius Morais. “O mercado não oferece nada, buscamos e a retração por conta do fim de ano e de muita expectativa também de como ficará o país deixa os empresários ainda retraídos, mas vamos trabalhar isso”, disse. Com relação aos laudos, já estão devidamente instalados e vistoriados os para-raios. Esta era a única pendência.
Assim, o Estádio Waldemar Teixeira de Faria já está apto para receber aquela tradicional vistoria da FMF em janeiro. “O estádio em questão legal está 100%, falta a iluminação para propiciar jogos à noite. No mais, tudo está pronto. O jogo da estreia teve alteração no horário e será no Farião. Frente ao Cruzeiro é mais difícil porque altera a grade da televisão, por isso estamos já trabalhando para que seja em Nova Serrana ou outro local, mas sempre tentando beneficiar ao máximo o torcedor”, declarou Vinícius.
Dentro de campo, Leandro Ferreira chegou, treinou e deu mostras de ser o dono do território por cima, por baixo e dos dois lados. Ele é canhoto, mas a direita é forte. Nesse pedaço do campo a disputa por vaga será ótima. Rafael Jataí e Vinícius Kiss já treinavam e bem.
Para Kiss, esta disputa do Campeonato Mineiro é importante para cada jogador e por isso a disputa interna é intensa. O desenho tático demonstrado até agora parece que será de três meias: Marcinho, Djalma e Cury. Sendo o Tardelli absoluto na frente. 
O time trabalha com meninos da cidade, jogadores que se destacaram nas competições locais, como Raul, que sempre jogou no Flamengo do Mendes Mourão e a última competição foi pelo Tupi da cidade de Carmo do Cajuru. Ele fala dessa transição e das dificuldades encontradas.
“O grupo me acolheu bem, tem jogadores experientes e isso já é uma boa iniciativa e trabalhar forte para a competição. Muda muito do amador para o profissional, são várias pessoas te olhando, é um trabalho mais puxado e com um objetivo só: a disputa. Aprendi muito, o Gian e o Duti passam muita informação e dando oportunidade para os meninos, os mais velhos deixando a gente trabalhar. A maior dificuldade é a preparação física e achava que estava bem, aqui senti que é puxado e quem pensa em trabalhar no profissional tem de cuidar, porque aqui se vê o que é futebol de verdade”, garantiu o jogador.

 

Créditos: Luciano Eurides

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.