quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 08:27h Atualizado em 31 de Janeiro de 2013 às 08:29h. Luciano Eurides

Guarani fica de olho no BID

Leandro se destacou no time do Galo e a torcida conta com ele para defender o Bugre em Poços de Caldas

A diretoria do Guarani está de olho no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol. O diretor de futebol Renato Montack não esconde a preocupação por quais jogadores estarão disponíveis para Leston Júnior na partida de abertura do Campeonato Mineiro 2013.
Até o fechamento dessa edição estavam publicados no Boletim Informativo Diário (BID) os seguintes atletas: Adalberto, André, Faísca, Éder, Eric, Nando, Jajá, Gustavo Rangel, João Gabriel, Lucas Newton, Rafael Estevam, Rafhael Pulga, Silas e Thiago Papel. Jouberth já estava liberado e tem contrato até o final do Campeonato Mineiro.
Do time que é provável para iniciar a partida contra a Caldense faltam (até o fechamento desta edição) o goleiro Leandro, mas para a posição está liberado Gustavo Rangel. Henrique lateral, Asprilla zagueiro, mas para a posição está liberado Thiago Papel. Havendo um caso mais sério e a improvisação seja necessária seria mesmo na lateral.
A preocupação maior é com relação ao goleiro Leandro. Ele é o dono da camisa 1, isso pelo desempenho do atleta frente o Galo.   No Farião, o ritmo de treinos do goleiro tem sido pesado. A atividade é intensa e elaborada pelo preparador de goleiros, Ronaldo Gontijo, que trabalha com técnicas usadas em times europeus para potencializar os resultados.
Com 27 anos, Leandro acredita que o Bugre é uma excelente vitrine para o futebol nacional. Há sete anos ele está no profissional, mas atuando sempre em times paulistas. Essa será a primeira vez que vai disputar  o Mineiro.
Para o técnico Leston Júnior, a boa atuação do Leandro confirma a expectativa que tinha em relação ao jogador, já  que conhecia o trabalho dele quando defendia as cores do Barueri. “Eu já acreditava no potencial dele e, quando chegou aqui, eu sabia que tinha a responsabilidade de ser o camisa 1”,  disse o técnico do time de Divinópolis.

 

VILLA NOVA


A diretoria do Villa Nova apresentou o atacante Tatá, de 26 anos. Ele é o novo reforço do time do técnico Toninho Barroso para a disputa do Campeonato Mineiro. O jogador começou a carreira no Tupi e seu último clube foi o Juventus-SP. Quarto maior campeão estadual de todos os tempos, o Villa Nova quer voltar a fazer boa campanha no Mineiro. O objetivo principal do Leão do Bonfim não é o título - já que Cruzeiro, Atlético e América são considerados favoritos -, mas sim a classificação às semifinais. Desta forma, o clube garante, ao mesmo tempo, uma das vagas mineiras na Série D do Campeonato Brasileiro. Para isso, parcerias com empresários e mesclas de experiência e juventude no elenco foram realizadas pela diretoria do time.


TOMBENSE


O Tombense Futebol Clube é o único time estreante no Módulo I do Campeonato Mineiro. Para fazer bonito na competição, a equipe da Zona da Mata investiu pesado em seu elenco. O orçamento é um dos maiores entre os clubes do interior - cerca de 2,5 milhões – o que faz o presidente Lane Mendonça Gaviolle planejar grandes objetivos para o recém-promovido à Primeira Divisão Estadual.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.